25 janeiro 2021 - 1:30

Membro de facção criminosa foi preso em Gramado

Ele é suspeito de participar do assalto ao banco em Criciúma

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) do Rio Grande do Sul prendeu nesta quinta-feira, dia 3, em Gramado, um homem identificado por ser membro do Primeiro Comando da Capital (PCC) e que é suspeito de estar envolvido no assalto ao Banco do Brasil em Criciúma.

Conforme informações da Deic, os policiais chegaram até o membro do PCC por meio de investigações após o assalto em Criciúma. A apuração neste momento é para descobrir se ele organizou o roubo à agência bancária da Capital do Carvão.

De acordo com o Deic, o homem já participou, em 2014, de uma tentativa de resgate do líder da organização criminosa em um presídio de segurança máxima em São Paulo. O preso foi identificado em imagens registradas na cidade de Criciúma. Em princípio, nada de ilícito foi encontrado na casa em Gramado. Ainda sobre o detido, ele é natural de Minas Gerais. A informação é de que a casa teria sido alugada em um aplicativo para ser utilizada na ação criminosa.
Fonte: Engeplus

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-