25 fevereiro 2021 - 3:30

GAECO apoia forças de segurança do Estado nas investigações do maior assalto a banco cometido em Santa Catarina

O Procurador-Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin, conversou pela manhã com o Governador do Estado e no início da tarde se reuniu com as estruturas de inteligência do MPSC e os integrantes da Segurança Pública do Estado para alinhar o reforço às investigações.

O Procurador-Geral de Justiça, Fernando da Silva Comin, colocou os grupos do GAECO de Santa Catarina à disposição das forças de segurança do Estado para auxiliar nas investigações do assalto a banco que ocorreu na madrugada desta terça-feira, em Criciúma. Comin conversou com o Governador do Estado, Carlos Moisés, ainda pela manhã, e com o Delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Koerich, que conduz as investigações, pela tarde.

No início da tarde, o PGJ alinhou com os órgãos de inteligência e investigação do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) as estratégias da força-tarefa criada para auxiliar as investigações do crime. “O GAECO (do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas), o GEAC (do Grupo Especial Anticorrupção), a CISI (Coordenadoria de Inteligência e Segurança Institucional), os Promotores de Justiça com atuação na área criminal estão à disposição para auxiliar às investigações seja operacionalmente ou por meio de medidas cautelares necessárias”, ressaltou Comin.

Além do PGJ, também participaram da reunião o coordenador estadual do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO), Promotor de Justiça Alexandre Graziotin, a coordenadora estadual   do  Grupo Especial Anticorrupção (GEAC), Promotora de Justiça Marina Modesto Rebelo, o coordenador da Coordenadoria de Inteligência e Segurança Institucional (CISI), Promotor de Justiça Rui Carlos Kolb Schiefler, o Coordenador do Centro de Apoio Operacional Criminal e da Segurança Pública (CCR), Promotor de Justiça Jádel da Silva Júnior, o Subprocurador-geral para Assuntos Institucionais, Promotor de Justiça Alexandre Estefani, e os Promotores de Justiça que atuam na área criminal na comarca de Criciúma.

Fonte: MPSC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-