23 setembro 2020 - 12:46

Equipe da PM impede que mulher se jogue de ponte

Durante a madrugada desta terça-feira, por volta das 5h, a guarnição foi acionada via Central de Emergências, para averiguação de uma ocorrência onde uma feminina estava pendurada em uma ponte no bairro Sumaré em Lauro Müller.
Quando a  guarnição chegou próximo ao local, foi possível visualizar a feminina dependurada pelo lado de fora do parapeito da ponte, diante disso, a guarnição deixou a viatura cerca de 70 metros da ponte e foi até o local à pé, para não chamar atenção da mesma.

Conforme o relato da PM aos poucos, a guarnição se aproximou e iniciou verbalização com a feminina que apresentava estar bastante transtornada, chorando e tinha em suas vestes marcas de sangue oriundas de cortes no pulso.
A todo momento a vítima falava que não era para ninguém se aproximar, se não ela se jogaria da ponte, que não se importava com mais nada pois ninguém a amava, nem seus próprios familiares.
Por vários momentos ela ameaçou se jogar e soltou as mãos, ficando apenas apoiada pelos pés na estrutura da ponte, que tem aproximadamente 20 metros de altura, e em sua base, várias pedras, pois passou recentemente por manobra de afundamento do leito.

Durante a aproximação, a vítima por inúmeras vezes se deslocou para o lado, afim de se afastar dos policiais, ficando assim, pendurada na parte do vão mais alta da estrutura.
Durante o diálogo, a guarnição descompactou para dividir atenção da vítima e, em determinado momento, um dos policiais chamou atenção para si, oportunizando que o outro soldado  rapidamente se aproximasse e pudesse agarrar a vítima, sendo ajudado imediatamente pelo seu parceiro de farda, mediante extenuante força física, a trazê-la para o lado de dentro da ponte.
A vítima então foi socorrida pelo SAMU.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-