23 maio 2024 - 10:24
- Anúncio -

Confira as deliberações da 9ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Cocal do Sul 

Saúde, educação, inclusão e infraestrutura, nortearam requerimentos e indicações aprovados na noite.

A Câmara Municipal de Cocal do Sul, realizou na noite desta terça-feira (09), sua 9ª Sessão Ordinária de 2024. Na Ordem do Dia, dois requerimentos e três indicações foram aprovados por unanimidade, com temas como infraestrutura, saúde, educação e inclusão.

Requerimentos

A vereadora Maria Luiza Da Rolt (PP) junto de Roseny Cittadin Barbosa, a Nega (PSD), apresentaram requerimento solicitando ao Poder Executivo, informações a respeito do não pagamento da hora atividade para o segundo professor em sala de aula. Segundo elas, quem faz a adaptação dos alunos e o Plano de Desenvolvimento Individual (PDI) é o segundo professor.

Outro requerimento de Maria Luiza, solicita a relação dos pacientes que realizaram procedimentos e pequenas cirurgias no dia 4 de abril de 2024, na Atenção Especializada, localizada na Unidade de referência, bem como as imagens das câmeras deste setor. Conforme a vereadora, esse serviço ocorre todas as quintas-feiras. Ela pede ainda a informação de quantas biópsias foram encaminhadas neste dia e a relação mensal de pacientes que realizaram procedimentos e pequenas cirurgias nos anos de 2021, 2022 e 2023, separadamente mês a mês.

Indicações

Nas indicações, a vereadora Maria Luiza Da Rolt (PP) solicitou a manutenção das lajotas na Rua Orleans (atrás da Fruteira do Aldo, para referência). Conforme a vereadora, os moradores relatam que a rua está há três anos do mesmo jeito.

Roseny Cittadin Barbosa, a Nega (PSD) apresentou duas indicações. A primeira pede para que o Poder Executivo, viabilize a instalação de brinquedos adaptados para pessoas com deficiência nos parques já existentes no município. A outra, sugere um estudo para possibilidade de inclusão no planejamento escolar da educação infantil, de um projeto de criação de Parques Sonoros nas escolas. Parques Sonoros são espaços bastante coloridos, destinados à exploração dos sons pelos alunos, mediada pelos professores. Os instrumentos podem ficar em painéis presos à parede ou pendurados em varais. A vereadora entende que este trabalho ajudará no desenvolvimento dos alunos.

 

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-