28 maio 2024 - 1:29
- Anúncio -

Tsunami Meteorológico foi registrado neste sábado (11) no litoral sul de Santa Catarina

Grandes ondas atingiram a orla de Laguna, na região do Farol de Santa Marta.

Na tarde deste sábado (11), por volta das 16:00, o mar avançou em direção ao continente na praia do Cardoso, no Município de Laguna, Litoral Sul catarinense. Este fenômeno que ocorreu é conhecido como tsunami meteorológico, é de difícil previsão e sua ocorrência não é muito comum de ser observada.

Geralmente ele ocorre atrelado a algum sistema meteorológico como linhas de instabilidade, que foi o que aconteceu hoje. Não havia previsão de mar agitado, nem de alagamentos costeiros na costa de SC, porém a passagem desta Linha de Instabilidade pelo Litoral Sul provocou o fenômeno de tsunami meteorológico. 

As linhas de instabilidade são formadas por células de tempestades aproximadamente contínuas dispostas de forma alinhada. Quando passam paralelas à costa, podem gerar mudanças bruscas de pressão atmosférica e rajadas de vento intensas que colaboram para o avanço da água do mar em direção à praia.

As linhas de instabilidade provocam “pulsos” de pressão atmosférica que se propagam perturbando as águas da plataforma continental, que por sua vez tem velocidade de propagação muito próxima à velocidade de avanço da linha de instabilidade, possibilitando uma ressonância quase perfeita entre a atmosfera e o oceano.

Assim a altura da onda é amplificada e ao se propagar em direção à costa pode se amplificar ainda mais, atingindo alguns metros de altura em um curto período de tempo (minutos), o que provoca uma subida rápida de maré podendo ocasionar ressaca e inundações costeiras. O alcance da inundação dependerá da inclinação da praia e da presença ou não de dunas. Em praias quase planas e voltadas para o quadrante sul, como o ocorrido em Laguna, a inundação pode alcançar dezenas a centenas de metros nas áreas costeiras.

Fonte: Defesa Civil de Santa Catarina

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<