1 outubro 2020 - 4:53

Prefeitura e Defesa Civil realiza reunião técnica para avaliar efeitos da estiagem

Em reunião no gabinete do prefeito que ocorreu na tarde desta quarta-feira 23, representantes do Executivo e Defesa Civil, avaliam o impacto que a estiagem provoca.

No interior do município, granjas e aviários sofrem com a falta de água, obrigando proprietários a abastecer os empreendimentos com caminhões pipa. A barragem do Rio Novo que abastece Orleans pelo Serviço Municipal de Água e Esgoto (Samae) está em estado crítico.
O prefeito Jorge Koch coordenou a reunião e entende que a Administração Municipal quer o trabalho integrado com a agricultura e outros órgãos para que se possam construir ações para minimizar os efeitos da estiagem em Orleans. “A Prefeitura vai fazer o que for preciso para evitar o desabastecimento”, destacou o chefe do executivo.
O entendimento foi que cada entidade faça um levantamento de dados em seguida, com a elaboração de plano de contingência para o momento. Foi discutida a compra de reservatórios para instalação na parte mais alta da cidade e em comunidades do interior, caso sejam necessários.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-