2 março 2021 - 5:09

Prefeito de Orleans, Jorge Koch, participa do projeto Cidades do Sul

A noite de quinta-feira (10/12) foi de muita troca de informações, conhecimentos e debate de projetos entre Unesc, Unibave e o município de Orleans. Isso porque o prefeito reeleito na cidade, Jorge Koch, foi o participante da noite em mais uma edição da ação “Cidades do Sul: desenvolvimento regional no cenário pós-eleição”, promovida pela Unesc e pelo Unibave.

Em encontro transmitido por meio do canal da Unesc TV no YouTube, com a participação do reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, e da pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento da Unesc, Gisele Coelho Lopes, além de convidados das duas instituições, foram abordadas temáticas importantes ao município.

Na pauta estiveram questões acerca da saúde de forma geral na cidade e enfrentamento à pandemia, mobilidade urbana e seus desafios diante de um grande território como o de Orleans, a qualidade do atendimento nos serviços públicos, além de desafios no que diz respeito à educação municipal, o investimento em turismo, em cultura e muitos outros assuntos levantados pelos convidados e pelas interações virtuais.

O evento que integrou a maratona realizada pela Unesc e pela Unibave para ouvir e homenagear os prefeitos eleitos, para Gisele, foi mais uma vez uma grande satisfação. “Deixamos nosso sincero agradecimento pela disponibilidade, pelas contribuições e falas do prefeito eleito. O que ouvimos hoje representa muito as funções de uma grande liderança, que entende o propósito e conhece aquilo que está gerindo”, comentou.

O compromisso com a continuidade dos projetos conjuntos e novas parcerias entre as instituições de ensino e o município, para o reitor do Unibave, sai reforçado a partir do encontro. “Nossa instituição sempre estará de portas abertas e nós também estaremos sempre batendo na porta, buscando parcerias e gerando demandas, pois esse trabalho colaborativo é o que fortalecerá nossas instituições, a prefeitura e a região e com certeza seremos ainda destaque não só estadual, mas nacional e mundial”, pontuou.

Fonte: Ascom/Unibave

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-