3 dezembro 2021 - 12:58

Polícia Civil identifica responsáveis pelo golpe do “bilhete premiado” em Tubarão

A Polícia Civil de Santa Catarina, através da Divisão de Investigação Criminal de Tubarão, elucidou um estelionato na modalidade “golpe do bilhete premiado” ocorrido na cidade de Tubarão no dia 26 de julho de 2021, por volta das 9h30, e vitimou um senhor de 76 anos, causando-lhe um prejuízo de quase R$ 10.000,00 (dez mil reais).

Segundo a Polícia Civil, no dia do fato, a vítima caminhava pelo bairro oficinas quando foi abordado por um senhor dizendo que precisava de auxílio para sacar o dinheiro que havia ganhado na Mega-Sena, e que daria uma gratificação para quem lhe ajudasse. Logo em seguida um outro indivíduo chegou dizendo ser advogado e que poderia ajudar. O suposto advogado disse à vítima que ele precisaria de dinheiro para pagar algumas taxas para sacar o dinheiro do prêmio, foi quando a vítima sacou cerca de R$ 6.000,00 e entregou aos golpista, os quais saíram do local com o dinheiro e com o cartão da vítima, tendo posteriormente realizado saques com o cartão.

De pronto, investigadores da DIC de Tubarão procederam em diligências no intuito de identificar os autores. Após inúmeras diligências, os policiais identificaram um homem de 32 anos e outro de 61 anos, os quais possuem inúmeras passagens por estelionato.

Instaurou-se o competente inquérito policial e, após a colheita de robusto conjunto probatório, o Delegado de Polícia que preside as investigações representou pela prisão preventiva dos investigados, pleito que fora deferido pelo Juízo da 2º Vara Criminal da Comarca de Tubarão.

De posse dos mandados de prisão, a Polícia Civil de Santa Catarina empreendeu esforços no intuito de capturar os suspeitos, contudo até o momento eles se encontram foragidos.

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-