24 setembro 2020 - 3:05

Polícia Civil cumpre mandado e prende homem suspeito de violação sexual mediante fraude, em Tubarão

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Delitos de Trânsito e Divisão de Crimes Ambientais, em ação conjunta com a Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), cumpriu nesta quarta-feira (16) um mandado de prisão contra um homem de 62 anos acusado de crime de violação sexual mediante fraude. A ordem de prisão foi expedida pela Comarca de Tubarão.

O suspeito possui condenação anterior em Goiás pelo mesmo crime, e outra em São Paulo. O Ministério Público ressaltou a desobediência a ordens judiciais. Ele residia em Tubarão e vinha sendo monitorado. O acusado estava em liberdade condicional e foi condenado a três anos de reclusão pela Comarca de Tubarão.

O homem se apresentava como professor de música e costumava frequentar escolas e salões paroquiais. Ele se aproveitaria desta situação para se aproximar de crianças e adolescentes e cometer os crimes. Suas condenações anteriores chegam a 30 anos de prisão. O homem foi encaminhado ao Presídio Regional de Tubarão, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil de Santa Catarina

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-