15 julho 2024 - 8:41
- Anúncio -

PJSC Mais Social contempla 58 projetos com mais de R$ 2 milhões oriundos de prestações pecuniárias

O Poder Judiciário de Santa Catarina (PJSC), por meio do programa PJSC Mais Social, destinará recursos financeiros oriundos de prestações pecuniárias, transações penais, suspensão condicional de processos e acordos de não persecução a 58 entidades que realizam ações sociais nas áreas de segurança, educação e saúde. A cerimônia de entrega será realizada nesta quarta-feira (19 de abril), às 16h30min, no auditório Ministro Teori Zavascki – Tribunal Pleno, na sede do Tribunal de Justiça (TJSC).

No atual certame serão distribuídos mais de R$ 2.200.000 (dois milhões e duzentos mil reais) às entidades contempladas, que prestam serviços sociais nas mais diversas áreas como esporte, meio ambiente, assistencialismo, educação, saúde e segurança. Os benefícios, por sua vez, se estendem a crianças e adolescentes, idosos, estudantes, portadores de necessidades especiais, jovens atletas, enfermos e dependentes químicos entre outros.

As entidades que agora assinam os termos de convênio participaram do mais recente edital de chamamento, lançado em dezembro do ano passado. Elas foram selecionadas pelos membros do Conselho Gestor da Conta Centralizada do TJSC segundo critérios de conveniência e oportunidade, após criteriosa análise de mais de 140 projetos recebidos pela Comissão de Apoio.

Podem participar do processo de seleção, que é realizado ao menos uma vez por ano, entidades públicas ou privadas com finalidade social estabelecidas no Estado e que desenvolvam ações primordialmente atreladas à segurança pública, à educação e à saúde. Os projetos sociais podem ter abrangência regional ou local, desde que ofereçam significativo benefício à sociedade catarinense, como os agora contemplados.

“Com esta iniciativa, o Tribunal tem a oportunidade e, por que não, o privilégio de contribuir para o trabalho de organizações que se dedicam à construção da cidadania e ao fortalecimento da dignidade das pessoas. São instituições que desempenham com excelência atividades relevantes para diversos setores da sociedade, por meio de projetos de grande abrangência e relevância”, destaca a corregedora-geral da Justiça do PJSC, desembargadora Denise Volpato.

Confira a lista das entidades contempladas na região Sul:

APAE Balneário Arroio do Silva – Eletrodomésticos para compor a área de serviço – R$ 6.634,99

APAE de Tubarão – A promoção da inclusão social através dos estímulos sensoriais – R$ 11.857,00

APAE de Jacinto Machado – Brincando e Aprendendo – R$ 12.808,00

APAE de Araranguá – Promover a inclusão e o bem-estar da pessoa com deficiência intelectual por meio do esporte – R$ 13.060,20

APAE de Maracajá – Aquisição de uniformes para os educandos – R$ 13.860,00

APAE de Grão-Pará – Inclusão de qualidade – RS 15.617,60

APAE de Orleans – Pra ver a banda passar – R$ 21.293,80

APAE de São Martinho – Novos Ares – R$ 36.774,50

Fundação Educacional Joanna De Angelis – Criança e Adolescente: o futuro promissor – R$ 6.253,00

APAE de Gravatal – Ares de esperança – R$ 34.105,12

Associação Cultural Social E Terapêutica da Região da Amurel – Reforçando oportunidades – R$ 23.069,39

Lar Beneficente Do Idoso São José (Sombrio) – Revitalização do Lar do Idoso – R$ 86.915,00

​Confira a lista completa das entidades contempladas.

Fonte: TJSC

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<