22 abril 2024 - 7:01
- Anúncio -

Orleans sedia 72º Congresso da Associação Batista Leta do Brasil

Mais uma vez, a terra da Cultura será sede de um megaencontro: o 72º Congresso da Associação Batista Leta do Brasil. O encontro que unirá mais de 200 pessoas vindas de várias partes do mundo, acontecerá de 8 a 11 de junho (quinta à domingo), e tem como objetivo resgatar a história, cultura e tradição dos letos no Brasil, afinal, Orleans foi cidade berço aos imigrantes vindos da Letônia.

Abrindo oficialmente o Congresso, no dia 08 (quinta-feira) às 20h, um culto com a presença do Presidente da Associação, o Pr. Benjamim William Keidann e do Preletor Oficial do Congresso, Pr. Edgars Mažis.  Ambos darão as boas-vindas a todos os presentes no Auditório do Unibave e logo após, terá um chá (tradição da cultura leta) na Capela do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel.

No dia 9 (sexta-feira) às 9h os visitantes poderão percorrer o Museu Ao Ar Livre em uma visita guiada com saída do ônibus na Praça Celso Ramos.  Logo após, haverá um almoço às 12hs no CTG (Centro de Tradição Gaúcha) Orleanense.

Às 15h, haverá um workshop com palestras no Auditório da Unibave sob o tema: “A Relevância do leto no Ambiente Social em que vive”.  Para debater, os convidados serão: o Engenheiro Carlos Ademar Purim, os médicos Eder de Mattos Berg e Elias de Mattos Berg e o físico Alfredo Carlos Peterlevitz. E logo após, uma pausa para o café.

As 18h, Jantar no CTG de Orleans, e logo após, culto no Auditório do Unibave às 19h seguido por Chá pós culto na capela do Museu ao Ar Livre.

Às 22h30, jogos e brincadeiras promovidas pelo Departamento Jovem da Associação Leta no CTG de Orleans. Aos que precisarem, haverá saída de carros, da Praça Celso Ramos.

Falando em Praça Celso Ramos, no sábado dia 10, às 9h, o local será palco para a Banda Estrela do Oriente, e logo após é a vez do ensaio aberto do Coral que fará apresentação inclusive na Letônia. Após as apresentações, às 10h, na Igreja Batista de Orleans acontecerá workshop com as palestrantes: a médica Kátia Sheylla Malta Purim e psicóloga Kristīne Mažis.  Ambas falarão sobre “A Relevância do leto no ambiente social em que vive”.

Às 10h, com ônibus e carros disponíveis que sairão da Praça Celso Ramos haverá atividades opcionais como: Opção 1: passeio pelo interior de Orleans visitando pontos turísticos e Opção 2: especialmente voltada aos pastores pois haverá a palavra com o Presidente da Ordem dos Pastores Batistas de Santa Catarina, Pastor Silas Leepkaln e Pastor da 1ª Igreja Batista de Camboriú no Auditório do Unibave.

Às 12h, almoço no CTG Orleanense. Às 14h, em um momento de puro saudosismo está programada uma visita à Igreja do Rio Novo, local onde os primeiros imigrantes letos se estabeleceram no Brasil em torno de 1890. Às 18h, jantar no CTG e logo após às 19h culto no Auditório do Unibave seguido por chá, tradição leta no Auditório da Unibave.

Animando a noite, às 23h estão programadas atividades aos jovens coordenadas por Andreis Gustavo Malta Purim que, na oportunidade contará sobre sua experiência como voluntário na Guerra na Ucrânia.

No último dia, 11 de junho (domingo) às 8h15 no Auditório do Unibave, sediará a Assembleia ABLB seguido de culto de encerramento e um almoço às 13h no CTG.

Colaboração: Debora Legnani

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-