25 setembro 2020 - 1:27

Orleans: Mãe pede doação de roupas para filho que pode nascer a qualquer momento

Jadna está grávida de 8 meses, não trabalha e o marido conseguiu emprego a menos de 1 mês. O filho pode nascer esta semana e não tem o que vestir.

“Boa tarde ….venho pedir ajuda, estou grávida de 8 meses. Não tenho quase  nada  de coisas para o bebê  e tenho uma menina de 6 anos que toma remédio controlado”: O pedido é de Jadna Lemos de Moraes (33 anos). Ela é de Gravatal e atualmente mora em Orleans com o marido Uillian Moraes (28 anos), a filha pequena de apenas 6 anos. E agora ela espera a chegada Luiz Henrique.

A família encontra dificuldade porque Uillian ficou desempregado durante um tempo e começou a trabalhar em uma granja a menos de 1 mês. Por conta disso eles não têm dinheiro para comprar as coisas e manter a casa.

A preocupação maior de Jadna é que sua gravidez é de risco e o bebê pode nascer a qualquer momento. “Tenho pressão alta, estou com infecção urinária, estou fazendo exames e nesta terça-feira tenho consulta para saber se é preciso fazer o parto nesta semana”.

Jadna tem uma ultrassom marcada para esta terça-feira, às 9 horas. A mãe conta que se precisar marcar a cirurgia não tem roupas para o filho. “Eu não pude comprar fraldas, produtos de higiene. Se ele chegar agora não terá nada”.

Jadna é de Gravatal e Uillian de Orleans. Hoje eles moram em uma casa na granja, emprestada pelo patrão de Uillian.

Outra dificuldade que a família enfrenta é que a filha de 6 anos precisa de medicação controlada. Eles fazem acompanhamento médico, a menina tem a receita, porém, a dificuldade é comprar o remédio. De acordo com Jadna as pessoas ajudam a comprar, mas na maioria das vezes o casal não tem como se deslocar para buscar.

“Nosso carro está com dois pneus estragados, e mesmo que tivesse em bom estado não temos nem dinheiro para botar gasolina. Ainda bem que contamos com pessoas boas que vieram até nossa casa e trouxeram a medicação neste mês”.

Quem tiver interesse em ajudar pode procurar Jadna pelo telefone 48 9 9839-2718.

Informações Notisul

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-