15 abril 2024 - 8:03
- Anúncio -

Franqui Salvaro recebe material que preserva história e tradições de Siderópolis

Na manhã desta quarta-feira, dia 30, o prefeito de Siderópolis Franqui Salvaro, acompanhado do assessor de Cultura Arisson Fabrício Nunes, receberam o projeto finalizado “Das Jazidas de Carvão às Histórias da Nossa Gente: o Patrimônio Imaterial de Siderópolis”.

O projeto é da arquiteta e urbanista Angela Paula Ribeiro e tem como apoio o trabalho técnico da museóloga Franciele Maziero, e a execução teve o intuito de resgatar e preservar o patrimônio histórico-cultural do município.

O projeto foi um dos contemplados da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec), no Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – edição 2021, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), e a execução foi feita com o apoio do Departamento de Cultura de Siderópolis.

Todo o material está sendo disponibilizado em nove vídeos (oito entrevistas e a introdução) no Youtube, por meio do link: https://www.youtube.com/@dasjazidasdecarvaoashistorias.

Além disso, foi confeccionada uma cartilha educativa em formato digital como contrapartida. A mesma será fornecida para as escolas utilizarem  em aulas sobre patrimônio cultural. A cartilha também pode ser disponibilizada para quem tiver interesse. Basta entrar em contato por meio do e-mail: dasjazidasdecarvão@gmail.com.

“Buscamos trazer para a cidade de Siderópolis um pouco das tradições, da cultura da mineração, porque a cidade foi toda formada em cima dessa história, da mineração. Então buscando preservar a história de vida dos mineiros e de mais algumas personalidades culturais da cidade. Fizemos essa série de entrevistas para ficar disponível aos interessados em cultura e tradições”, explicou a arquiteta e urbanista Angela Paula Ribeiro.

A dupla foi contemplada novamente no Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura. Na edição 2022, Angela comentou que o novo projeto será um inventário participativo, onde será feito um levantamento de algumas edificações históricas e  ‘saberes fazeres’ da comunidade.

 

Colaboração: Jessica Rosso – Comunicação Prefeitura de Siderópolis

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-