22 outubro 2021 - 5:07

Força-tarefa encerra cinco festas e dispersa aglomerações no fim de semana

Com a finalidade de fiscalizar e garantir o cumprimento do decreto 5.187/2021, assinado na última sexta-feira (12) pelo prefeito Joares Ponticelli, com novas medidas de enfrentamento à Covid-19, a força-tarefa criada para esse fim atuou durante o final de semana.

Desde a noite de sexta-feira até o final da tarde deste domingo (14) foram 68 denúncias atendidas no telefone 153. A maioria referente a aglomeração de pessoas em estabelecimentos, residências e locais públicos. Uma denúncia de aglomeração na pista de skate, no bairro Vila Moema, exigiu a ação dos guardas municipais que precisaram deter um homem mais exaltado. Ele danificou a viatura da GMT e foi encaminhado à delegacia de polícia para os devidos encaminhamentos.

Ao todo cinco festas particulares, com aglomeração de pessoas, foram encerradas pelas equipes de fiscalização. Em média de 30 a 40 pessoas participavam das aglomerações, o que caracteriza o descumprimento do decreto em vigor. Foram duas festas no bairro São Bernardo, uma em São Martinho, uma no Humaitá de Cima e uma no bairro São Cristóvão.

A festa encerrada no bairro São Cristóvão motivou várias denúncias e, segundo vizinhos, eventos desse tipo são comuns no local. Com a chegada dos agentes, os participantes deixaram a residência, alguns de carro, outros a pé, até que a aglomeração foi encerrada. Houve também a interdição de uma casa de eventos onde acontecia um churrasco com aglomeração de pessoas em seu interior. Imagens da festa postadas em redes sociais foram utilizadas na denúncia e foram importantes para a abordagem das equipes.

Na manhã de sábado (13), cinco oficinas e comércios de produtos automotivos foram orientados a fecharem as portas por estarem funcionando em desacordo com o decreto. Denúncias sobre grupos de pessoas da mesma família fazendo compras em supermercados também foram conferidas pela fiscalização e os estabelecimentos notificados.

Para o coordenador da força-tarefa, secretário de Segurança, Trânsito e Patrimônio Evandro Almeida, os trabalhos ocorreram de forma tranquila durante todo o final de semana.

“O número de denúncias cresceu um pouco, mas nossas equipes conseguiram fazer todas as verificações e agir quando necessário. O que chama a atenção são as festas que temos que encerrar, principalmente em residências, aglomerando dezenas de pessoas. Mesmo que muitos já tenham entendido a gravidade da situação, alguns ainda fazem ouvidos moucos aos apelos das autoridades de saúde”, destacou Almeida.

As operações de fiscalização da força-tarefa contam com a participação de integrantes da Fundação Municipal de Meio Ambiente (Funat), Procon, Defesa Civil, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Procuradoria Jurídica do Município, Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Os trabalhos continuam enquanto durarem as medidas do Decreto 5.187.

Assessoria de Imprensa de Tubarão

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-