23 junho 2021 - 3:27

Aceleradora de MEIs bate recorde de inscrições em 2020

Em nova modalidade on-line, programa Salto certifica 38 microempreendedores em Maravilha

O Salto Aceleradora de MEIs, programa desenvolvido pelo Impact Hub Floripa em parceria com o Sebrae/SC e a Prefeitura de Maravilha, chega ao fim de sua primeira edição com 38 microempreendedores individuais (MEIs) certificados que, mesmo em um ano de crise, tiveram resultados positivos em seus negócios.

Com o objetivo de ajudar os MEIs a crescerem, o Salto propôs uma metodologia inovadora e totalmente adaptada para o pequeno negócio. Foram 10 semanas de formação gratuita nas quais os participantes vivenciaram uma jornada que combinou oficinas, conteúdos, mentorias e muita interação no desenvolvimento de uma rede de networking sólida, um dos pontos mais elogiados do programa.

Em 2020 o desafio foi transformar essa jornada para a modalidade on-line. Até então todas as turmas tinham sido presenciais, mas a necessária adaptação foi muito positiva. “No começo do ano não sabíamos como seria, precisamos nos reinventar e nos desafiamos a fazer isso melhorando ainda mais a experiência. Chegamos ao final batendo recordes de resultado, o que para nós é uma grande vitória”, contou a gestora da área de programas do Impact Hub Floripa, Maíra Rodrigues.

Em Maravilha o Salto apresentou dados que reforçam o sucesso do programa: foram mais de 80 MEIs inscritos e 38 finalizaram a jornada com resultados expressivos. Mesmo em um ano de crise, 53% dos microempreendedores participantes tiveram um aumento nos seus faturamentos e geraram 545 novos clientes durante o período do curso, além de 11 vagas de emprego.

“O Salto representou uma melhora na forma de manter e fidelizar meus clientes e agregou ainda mais conhecimento em várias áreas que são muito importantes para qualquer ramo de negócios”, declarou a participante Tatiana Rossetto.

Para 2021 a expectativa é trazer o que de melhor foi feito em cada modalidade, com a possibilidade de realização do Salto em qualquer localidade nos formatos on-line, presencial ou híbrido. Essa nova configuração permitiu que o programa, que até então tinha abrangência em 11 municípios catarinenses, alcançasse nesse ano todo o Estado de Santa Catarina e chegando até o Amazonas. No total foram mais de 3 mil microempreendedores impactados.

“Foi uma experiência maravilhosa, fechamos com chave de ouro a edição de 2020. Hoje o MEI ainda é a categoria de empresários que menos recebe apoio. Com esse programa nós conseguimos criar um ambiente favorável para que eles pudessem se desenvolver e crescer nas suas atividades” afirmou o gerente de desenvolvimento regional do Sebrae/SC, Paulo Rocha.

Quem quer garantir sua vaga nas próximas edições pode preencher o formulário de interesse disponível no site www.saltoaceleradora.com.br. O programa continua no próximo ano com o objetivo de chegar a ainda mais MEIs, oferecendo essa formação que é um divisor de águas na carreira empreendedora dos participantes.  A MEI certificada pelo Salto, Patricia Baumgratz, confirmou: “É um ótimo curso que traz o essencial: as melhores técnicas e ferramentas para auxiliar no crescimento, ótimos professores que conseguem trazer o conteúdo de uma forma bem legal e fácil de entender. Recomendo!”.

Sobre o programa

A metodologia do Salto combina elementos de ponta do mundo das incubadoras e aceleradoras de negócios, com foco no uso das novas mídias e no desenvolvimento profissional e pessoal. Toda técnica é adaptada ao microempreendedor individual, buscando acelerar o seu crescimento de forma sustentável. São três etapas de aceleração – ou “saltos”, na concepção que dá nome ao programa –, com os seguintes temas: foco no autodesenvolvimento do MEI como empreendedor; foco no negócio (validação do mercado, modelagem de negócio); e foco no crescimento (desenvolvimento de planejamento estratégico e metas).

Texto: Impact Hub Floripa – por MB Comunicação

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-