19 junho 2021 - 12:46

Volnei Weber pede a inclusão das lactantes no grupo prioritário de vacinação da COVID-19

O Deputado Estadual Volnei Weber protocolou uma indicação ao Governo do Estado pedindo a inclusão das lactantes no grupo prioritário de vacinação contra a COVID-19.

Essa demanda foi enviada pelo movimento “Lactantes pela Vacina Santa Catarina” e o parlamentar concordou com a necessidade, visto que já existem estudos que apontam que a lactante vacinada transmite anticorpos ao bebê. “Todos nós já sabemos dos benefícios do aleitamento materno e, mesmo sem estudos concretos, não podemos descartar a hipótese de que essa imunidade pode sim acontecer. Seria uma estratégia de 2 em 1- vacina 1 pessoa e imuniza 2. Além disso, também estaremos protegendo as mães que amamentam, mas já retornaram ao mercado de trabalho, de adoecerem e contaminarem seus bebês. Bem como é um incentivo à amamentação prolongada e até de encorajar as mães a levarem seus filhos para acompanhamento de pediatra, já que muitas não têm feito com medo da exposição ao vírus”, explica Weber.

Os Estados de Mato Grosso do Sul e Bahia já incluíram as lactantes nos grupos prioritários de vacinação contra a COVID-19.

“O leite materno traz inúmeros benefícios para o bebê, tanto que a recomendação do Ministério da Saúde é que a amamentação seja feita até os dois anos de idade, sendo exclusiva até os seis meses de vida do bebê. Isso porque a amamentação reduz em até 13% da mortalidade infantil em crianças menores de 5 anos e também diminui a chance da criança ter alergias, infecções, diarreia, doenças respiratórias, otites. Obesidade e diabetes. Enfim, são tantos pontos positivos que não podemos deixar com que essas crianças deixem de receber esse alimento tão importante para o seu desenvolvimento e ainda poder adquirir a imunidade contra o coronavírus”, finaliza Volnei.

Fonte: Comunicação do Deputado Volnei Weber

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-