13 abril 2024 - 3:44

VOLEIBOL: Orleanense fará testes na Seleção Catarinense

Período de treinamentos acontecerá em Florianópolis no fim de fevereiro.

A atleta orleanense Vitória Nicoladeli foi chamada para realizar treinamentos com a Seleção Catarinense de Voleibol, entre os dias 25 e 26 de fevereiro na cidade de Florianópolis. Vitória atua na posição de ponteira e chamou a atenção dos membros da seleção estadual ao longo das competições que disputou; tais avaliações serão válidas pela categoria Sub-18. Em contato com a nossa reportagem, a atleta se mostrou surpresa com a notícia e ao mesmo tempo, muito feliz: “quando soube (do chamado) não acreditei. Porém, estou muito feliz em poder participar deste período de treinos na seleção catarinense. Dedico também esse momento a todas as pessoas que, de alguma forma, contribuíram para que isso acontecesse”, comentou.

Vitória tem 15 anos de idade, altura 1,71m e, filha de Giane Nicoladeli e Émerson de Freitas. No corrente ano, defenderá a APAV, de Forquilhinha, e tem como referência no esporte Gabriela Guimarães, a Gabi, jogadora da Seleção Brasileira Adulto.

O INÍCIO. Vitória iniciou no esporte aos oito anos na Escolinha da professora Vanderleia Mendes Jung, a “Deko”, em 2016. Dois anos depois, de acordo com a atleta, foi a melhor temporada não só no âmbito individual, mas também coletivo, com a conquista de títulos dentre os quais a Liga SC, além de destaques-individuais, num total de dois. Em 2019, fui chamada para treinar com a professora Genaina Coan Caciatori, a “Pixa”, com quem atuou até 2022; ainda no ano anterior, foi convidada para integrar a APAV, de Forquilhinha, e disputou o Campeonato Estadual Sub-16 se sagrando vice-campeã. No ano passado, APAV e Vitória estiveram em inúmeros campeonatos, dentre os quais a Taça Paraná Sub-16, torneio nacional e na bagagem, um honroso segundo lugar na Série Prata. Além do time de Forquilhinha e Orleans, já defendeu também as cores do Mampituba, de Criciúma.

Mencionada na matéria, a professora e técnica Genaina Coan Caciatori deixou uma mensagem para a atleta: “é merecedora dessa oportunidade de estar com a seleção catarinense por sua disciplina, caráter e humildade. Sempre esteve ao lado de suas companheiras de time, ajudando no que fosse preciso. É uma revelação do esporte local, das nossas escolinhas e desejo toda sorte nesse desafio”, finalizou.

Por: Rodolfo Devilla!

- Anúncio -
-Anúncio-