18 junho 2021 - 2:47

Urussanga adquire oito Desfibriladores Externos Automáticos

As equipes da Saúde da Família de Urussanga participaram, na última sexta-feira (5), de treinamento de Suporte Básico de Vida ministrado pelo médico da família e membro do comitê de combate à covid-19 de Urussanga, Alexandre Régio Gomes (Dr. kaleb). Na ocasião também aconteceu a entrega de Desfibriladores Externos Automáticos (DEAS). Foram adquiridos oito DEAS, com investimento individual de R$ 5.415,00.
Entre as informações repassadas foi feita uma demonstração do aparelho desfibrilador, à equipe de enfermagem e médica da secretaria de Saúde, e sua forma de uso em casos de parada cardiorespiratória nas unidades.
Segundo a Enfermeira Lilyan Vieira Barzan Pluceno da Silva, Coordenadora da Atenção Básica, a aquisição do equipamento é fundamental para a saúde, “assim como a capacitação das equipes, pois a resposta rápida e eficiente às situações de emergência, como a parada cardiorespiratória, aumentam muito a chance de reversão do quadro e sobrevivência do paciente”, ressalta.
Já a secretária de Saúde Ingrid Zanellato, destaca a possibilidade de realizar os primeiros socorros de maneira ainda mais eficaz. “A aquisição deste equipamento, bem como o treinamento ao qual a equipe foi submetida, vem de encontro com o atendimento de primeiros socorros e ressuscitação cardiopulmonar para os quais as equipes devem estar sempre preparadas, pois o conhecimento, aperfeiçoamento e habilidade podem ajudar a salvar uma vida”.
Informações adicionais:
Para que serve o DEA?
A função do DEA, desfibrilador automático externo (DEA), é identificar arritmias e uma possível parada cardiorrespiratória. A função do DEA é identificar o ritmo cardíaco “FV” ou fibrilação ventricular, presente em 90% das paradas cardíacas.
O que é DEA na enfermagem?
Existem diversos tipos de desfibriladores, entre eles o DEA — Desfibrilador Externo Automático. Trata-se de um equipamento portátil e de funcionamento mais simples do que o desfibrilador clássico, por exemplo, utilizado em hospitais por profissionais treinados, como a equipe de enfermagem.
Importância
O DEA — desfibrilador externo automático — pode salvar vidas em casos de problemas cardíacos, como infartos, arritmia cardíaca e insuficiência cardíaca. Apesar de acometer uma parcela elevada das pessoas de 60 anos ou mais, os distúrbios cardiorrespiratórios também podem atingir jovens e crianças.
ASCOM Urussanga
- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-