3 março 2024 - 8:40

Uma idosa dada como morta foi encontrada viva no necrotério do hospital

Na última sexta-feira (24), ocorreu um erro médico que resultou na declaração equivocada de óbito de uma idosa de 90 anos no Hospital Regional de São José em SC.

De acordo com  relato fornecido ao deputado Sérgio Guimarães, a família foi informada da morte, mas horas depois descobriu que a idosa estava viva, quando um funcionário do necrotério do hospital encontrou a mulher ainda com o corpo quente e respirando com dificuldade.

Renato, filho da idosa, e Jéssica, amiga da família, relataram que o hospital comunicou o falecimento da idosa na noite de sábado (25), um dia após sua internação.

Ao preparar o funeral, Renato foi surpreendido quando a funerária informou que a mãe estava ainda viva no necrotério. O corpo apresentava sinais de vida, levando à reanimação e transferência para um quarto. Porém, debilitada, a idosa faleceu cerca de 30 horas após a primeira declaração de óbito.

A Secretaria de Estado da Saúde informou que a paciente estava em tratamento paliativo e iniciou uma sindicância para apurar responsabilidades, notificando o Comitê de Ética Médica e a Comissão de Óbito.
Fonte  Correio de Santa Catarina

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-