25 setembro 2020 - 6:40

Suspeito de matar diretora de escola em Florianópolis foi morto na prisão.

Na manhã deste domingo (23), o homem suspeito de matar a diretora de escola Elenir de Siqueira Fontão, em Florianópolis, foi encontrado morto na prisão.

Segundo o Departamento de Administração Prisional (Deap), Geovano da Silva Agostinho foi encontrado morto na cela, onde estava sozinho na Penitenciária de Florianópolis.

Elenir, de 49 anos, foi morta a facadas dentro da unidade de ensino, no bairro Campeche, no Sul da Ilha, em Florianópolis, na tarde da última quarta-feira (19).

Segundo a Polícia Militar, a diretora já tinha registrado boletins de ocorrência contra o agressor, mas a corporação não deu mais detalhes.

Em nota, o Deap afirmou que “todas as providências legais e periciais foram tomadas”.

Jornalismo Nova FM.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-