19 setembro 2020 - 8:59

Siderópolis completa 129 Anos de Colonização Italiana

Primeiros imigrantes chegaram à Nova Belluno no dia 18 de julho de 1891

Neste sábado, dia 18 de julho, Siderópolis completa 129 anos de Colonização Italiana. Em virtude da pandemia provocada pelo novo coronavírus, não haverá os tradicionais festejos com: muita música italiana, grandes celebrações religiosas e farta comida típica.

No entanto, para marcar a importante data, um audiovisual contando um pouco da história de Nova Belluno/Siderópolis foi produzido com a participação dos historiadores sideropolitanos Nilso Dassi e Ronaldo Davi. O vídeo, divulgado nas redes sociais do governo municipal, ainda traz uma mensagem do prefeito Hélio Cesa, o Alemão, e do vice-prefeito Xandi Feltrin, em alusão à data.

“Estamos vivendo um momento difícil, de pandemia. Mas não podemos esquecer essa data. Gostaria de ressaltar a nossa gratidão a todas as famílias que colonizaram Nova Belluno, hoje a grande Siderópolis. Nossa cidade foi construída com muito trabalho dos nossos colonizadores, que enfrentaram muitas adversidades”, destaca o prefeito de Siderópolis, Hélio Cesa, o Alemão.


Colonização Italiana

A imigração italiana no Sul de Santa Catarina, em Nova Veneza, Siderópolis e Treviso, tem origem na região do Vêneto, no Norte da Itália. “Eles vieram das províncias de Belluno, Bérgamo, Treviso e Veneza. Esse pessoal foi arregimentado pela empresa Ângelo Fiorita & Cia, fundada no Rio de Janeiro em 1877. A Itália estava passando por uma grande crise, era fácil fazer com que os imigrantes aceitassem o convite para vir ao Brasil”, destaca o historiador sideropolitano Ronaldo Davi.

Em 1890, a empresa Ângelo Fiorita & Cia comprou 30 mil hectares de terra no Sul Catarinense. Antes da chegada dos imigrantes ao Sul do Estado, foram abertas estradas, delimitados os lotes e construídos casas e galpões. “De dezembro de 1890 até abril de 1891 a infraestrutura foi concluída. Em maio e junho de 1891 começa a movimentação desse pessoal, por meio de vários navios. Os primeiros imigrantes chegaram aqui no dia 18 de julho de 1891, na colônia de Nova Veneza, e foram designados para os loteamentos, que na época eram chamados de seções”, conta o historiador. No núcleo de Nova Belluno, as primeiras famílias foram instaladas nas seções: Rio Fiorita e Estrada Urussanga

Nova Belluno – Siderópolis

Siderópolis era conhecida como Nova Belluno. Nomeado pelo presidente do Brasil, Getúlio Vargas, o então interventor de Santa Catarina, Nereu Ramos, decretou a mudança do nome em 1943. “A Itália era inimiga do Brasil na Segunda Guerra Mundial e nada poderia lembrar a Itália nesse tempo de guerra”, ressalta o historiador sideropolitano Nilso Dassi.

O nome Siderópolis foi inspirado na Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), que havia se instalado em Nova Belluno, em 1941.

Marcelo de Bona – Diretoria de Comunicação

Prefeitura de Siderópolis

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-