24 setembro 2020 - 6:10

Servidores que estão no combate à pandemia não perderão auxílio alimentação em caso de atestado por Covid-19

Boa notícia para os servidores das secretarias de Saúde e Assistência Social que estão na linha de frente no combate à pandemia da Covid-19: o executivo braçonortense envia hoje, segunda-feira, 27, ao legislativo um projeto de lei, com pedido de regime de urgência, para alterar a legislação de incentivo à assiduidade.

Na prática, o servidor da Saúde ou Social que realiza atendimentos diretos à população e que precisar ser afastado por atestado médico por Covid-19 durante a pandemia, não perderá o auxílio alimentação.

O executivo municipal aguarda a aprovação dos vereadores para que a lei seja sancionada.

Por Suham Dellatorre – Assessoria de Comunicação | JP5004SC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-