27 setembro 2020 - 10:25

Secretaria de Saúde de Orleans lança campanha de prevenção ao câncer de pele

A Administração Municipal de Orleans por meio da Secretaria Municipal de Saúde e trabalha na orientação e prevenção do câncer de pele durante o mês de dezembro em todas as Unidades de Saúde. Além de conscientizar a população sobre a prevenção ao câncer de pele desde a infância, e alertar sobre os sinais do câncer de pele para diagnóstico e tratamento precoces, aumentando as chances de cura, na grande maioria dos casos.

O secretário de Saúde Fernando de Fáveri alerta que de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), anualmente, são diagnosticados 180 mil casos novos da doença. Os dados mostram que um em cada quatro casos novos de câncer no Brasil, é de pele. “Temos um problema de saúde pública e a campanha de combate ao câncer da pele por meio do Dezembro Laranja, quer discutir o assunto no mês de conscientização sobre a doença, explica o secretário.

O prefeito Jorge Koch entende que as campanhas preventivas são importantes. “Nossa cidade é multicultural e muita gente de pele clara são as mais propensas a ter a doença. Nossos agricultores tiveram intensa exposição acumulada ao sol, com atividades de trabalho, devem tomar cuidado especial”, conta o chefe do executivo.

Saiba mais:

O câncer de pele varia muito na aparência. Alguns podem mostrar todas as alterações citadas, enquanto outros podem ter apenas uma ou duas características incomuns. Por isso, como regra geral, qualquer novo sinal na pele ou mudança em uma pinta/mancha que já existia deve servir de alerta para procurar um dermatologista.

É importante procurar um médico sempre que notar uma nova lesão, ou quando uma lesão antiga tiver algum tipo de modificação. Existe uma regra didática para os pacientes, chamada ABCD, cujo objetivo é reconhecer um câncer de pele em seu estágio inicial:

♦ Assimetria: imagine uma divisão no meio da pinta e verifique se os dois lados são iguais. Se apresentarem diferenças deve ser investigado

♦ Bordas irregulares: verifique se a borda está irregular, serrilhada, não uniforme

♦ Cor: verificar se há várias cores misturadas em uma mesma pinta ou mancha

♦ Diâmetro: veja se a pinta ou mancha está crescendo progressivamente

Evolução: se a mancha tiver mudanças de cor, tamanho ou forma.

Colaboração: Robson Lunardi – Assessor de comunicação

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-