15 julho 2024 - 2:05
- Anúncio -

Secretaria de Educação de Orleans reuni educadores e entidades para discutir ações de segurança nas escolas

A Secretaria de Educação de Orleans realizou no final da tarde dessa terça-feira, dia 18 de abril, uma reunião onde participaram os diretores e secretários escolares das redes públicas e privadas do município, visando traçar estratégias na elaboração do “Comitê de Segurança Escolar”.

Estiveram presentes também o Prefeito Jorge Luiz Koch, Vice Mário Coan, diretores e professores. Ainda o Dr. José Antônio Amabile, da Delegado de Polícia Civil de Orleans, que falou a respeito das ações da Policia Civil – o 1º Tenente Henrique Carrer Arent, relatou a forma de como a PM estará atuando em todo estado no sentido de intensificar ações de segurança.  O 1º Sargento Edson de Freitas do Bombeiro Militar de Orleans, ressaltou que o efetivo estará atuando junto as entidades para dar orientações e sanar dúvidas diante das possibilidades de seu efetivo.

A Secretária de Educação de Orleans, Maira Regina Luiz, ressaltou que o evento tem por objetivo discutir quais as medidas a serem tomadas enquanto rede de educação, para estar cuidando da segurança das nossas escolas. “Ação que podem ser tomadas para inibir a violência que vem acontecendo dentro e fora das unidades escolares com a criação do Comitê de Segurança Escolar”, pontua a Secretária.

O objetivo é montar um plano de ação para situações críticas em unidades escolares. Não se trata somente do ataque que acontecem em Blumenau, mas estamos observando que não se trata somente desse tipo de violência. Dentro da própria unidade estamos percebendo outros tipos de violência, que acontece no dia a dia da escola com os alunos de todas as faixas etárias” frisa Maira Regina Luiz.

O 1º Tenente Henrique Carrer Arent “ressaltou que a Polícia Militar adotou três posturas que serão desenvolvidas em todo o estado. Uma maior presença de viaturas nas escolas em horários diferenciados dos normais, como entrada e saída, estamos indo também no horário de aula. Em um segundo momento será realizado consultoria nas escolas. Também serão realizadas palestras nas escolas, onde diretores julgarem necessário, “pontua ressaltando que a Polícia Militar está em alerta e a disposição.

Dr. José Antônio Amabile, Delegado da Policia Civil de Orleans, comentou que a Policia Civil de Santa Catarina está bem aparelhada e atuando com apoio do Gaeco e Ministério Público. “Todas as denúncias que chegam com possibilidades de atentado, vão diretamente para a Inteligência de Florianópolis. Geralmente em até 24 horas nós conseguimos identificar quem é a pessoa e ou o perfil que mandou a mensagem e vamos em busca da pessoa e neutralizamos a ameaça”.

É importante que os pais e responsáveis observem seus filhos e fiscalize a mochila e o material escolar. Assim também como redes sociais.

Fundamental que informações fakes news não sejam compartilhadas e repassadas, tal comportamento acabam atrasando e dificultando o trabalho da Polícia. Diante de qualquer suspeita, informe a Polícia Militar ou Civil. São órgão que tem condições de averiguar a situação rapidamente.

 

Por Gerciana Ascari Coan – Imprensa News Sul

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<