22 abril 2024 - 6:17
- Anúncio -

Saúde de Urussanga, oferecerá transporte gratuito para doadores de sangue em novo mutirão

Datas e horários de ida ao Hemosc de Criciúma serão definidas conforme demanda e informações de interessados que devem preencher formulário.

O Governo de Urussanga, através da Secretaria Municipal de Saúde, está organizando um mutirão de Doação de Sangue. O órgão oferecerá transporte gratuito aos doadores até o centro de Coleta, que é o Hemosc de Criciúma. Os munícipes interessados devem preencher um formulário disponível na Secretaria de Saúde. Com as informações passadas, a equipe definirá a melhor data e horário para a ida ao Hemocentro.

“Com algumas informações básicas já faremos uma pré-triagem dos doadores, além de poder organizar os horários de doação de acordo com a agenda do Hemosc e a disponibilidade da maioria dos doadores. Somente em 2022, o Hospital Nossa Senhora da Conceição, aqui de Urussanga, utilizou 103 bolsas de sangue, número que chega a 17.735 bolsas quando contabilizado o uso em todos os onze hospitais da região carbonífera. Doar sangue salva vidas, para ser mais exato, uma pessoa pode salvar até quatro vidas com apenas uma doação”, explica a Secretária Municipal de Saúde, Ingrid Zanellato.

O formulário para os interessados em fazer parte do mutirão, pode ser solicitado pelo telefone (48) 3465-1254 ou pelo WhatsApp (48) 99911-3903. “Pedimos a colaboração de todos para este importante ato. Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Lembrando que é preciso apresentar documento oficial com foto e os menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis”, destaca a secretária.

Se você já é um doador ou tem interesse em doar sangue, solicite e preencha o formulário. Para mais dúvidas sobre doação de sangue, você pode acessar: hemosc.org.br/doacao-de-sangue.html.

Déficit no número de doações em 2022

As colaboradoras do Hemocentro Regional de Criciúma (Hemosc), Daniela Elias e Ana Rubia Zanette estiveram na reunião mensal da Comissão Intergestores Regional de Saúde da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (CIR-Carbonífera) pedindo a colaboração no transporte de doadores de sangue para os municípios. Conforme os números apresentados, a região teve um déficit de doações de 2.407 bolsas de sangue em 2022.

Os onze hospitais da região carbonífera consumiram 17.735 bolsas, enquanto as doações foram de 15.328 bolsas, segundo dados do Hemosc de Criciúma. Para as colaboradoras do Hemocentro, essa diferença é compensada por meio de parcerias com Hemocentros de outras regiões do Estado, como Tubarão e Florianópolis.

“Precisamos de doações todos os dias”, afirmou Daniela. Segundo ela, o período atual de férias sempre é mais crítico, pois os doadores acabam esquecendo, ou até não doando, além de registro maior de acidentes.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-