20 junho 2024 - 1:19
- Anúncio -

Saúde de Cocal do Sul tem projeto de vacinação reconhecido a nível nacional

O município de Cocal do Sul, por meio da Vigilância Epidemiológica, foi selecionado para participar do Congresso do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), maior evento de saúde pública do mundo, que acontecerá em Porto Alegre, no período de 30 de junho a 03 de julho. A cidade foi classificada na etapa regional e agora segue para a nacional, isso por causa de uma ação desenvolvida dentro da Secretaria de Saúde, cujo tema foi a Verificação da Situação Vacinal de Estudantes da Educação Infantil e do Ensino Fundamental na Rede Pública Estadual e Municipal.

O case de sucesso ganha, a partir de agora, notoriedade a nível estadual. “Essa ação foi realizada em 2023 devido à baixa cobertura vacinal no município, por isso surgiu a ideia de realizar uma ação de verificação de cadernetas vacinais no âmbito escolar, para assim identificarmos crianças e adolescentes com a situação vacinal em atraso e procedermos com a devida atualização”, explica a vacinadora Rosiane de Almeida Possamai.

O projeto tem como objetivo verificar e promover a regularização da situação vacinal dos estudantes de 0 a 14 anos 11 meses e 29 dias, matriculados nas escolas particulares, estaduais e municipais do município de Cocal do Sul. Por meio de ações de sensibilização, orientação e regularização, busca-se conscientizar a comunidade escolar sobre a importância da vacinação na prevenção de doenças, bem como promover a busca ativa nos casos em que há vacinas em atraso.

“No ano de 2023 conseguimos elevar nossa cobertura vacinal. O Ministério da Saúde classifica os municípios por prioridades 1, 2 e 3. E o município de Cocal do Sul conseguiu elevar a classificação que era 1 para 2.3”, relata Rosiane.

Além disso, a ação também serve para fortalecer a parceria entre os setores de Saúde e Educação. “A colaboração entre essas áreas é essencial para promover a saúde e o bem-estar da comunidade escolar e o projeto demonstra como essa integração pode ser eficaz na promoção da vacinação e na prevenção de doenças”, finaliza a imunizadora.

Amanda Farias – Prefeitura de Cocal do Sul

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<