30 setembro 2020 - 11:27

São Ludgero renova convênio com Febave/Unibave e segue disponibilizando Bolsas de Estudo

O Município de São Ludgero renovou o convênio com a Fundação Educacional Barriga Verde (Febave), mantenedora do Centro Universitário Barriga Verde (Unibave) e segue disponibilizando Bolsas de Estudo e Trabalho (Inclusão Social) para alunos matriculados nos cursos superiores regulares. O investimento para 2020 é de R$ 60.000,00. Participaram do ato de assinatura na segunda-feira, 27 de julho, no Gabinete do Prefeito, o prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, o presidente da Febave, Élcio Willemann, a Secretária de Educação, Sirlene Machado Cunha Joaquim, e o Secretário de Administração, Léo Füchter.

As primeiras experiências foram em 2018 e 2019 e geraram bons resultados. O percentual de 75% do convênio oportunizará bolsas de estudo à acadêmicos carentes financeiramente (no mínimo 50% do valor) e 25% para bolsas de trabalho/estágio (R$ 625,00 com trabalho de 20 horas semanal) e 10% para bolsas de estudos a alunos portadores de deficiência e carentes.

É obrigação do Unibave efetuar prestação de contas mensalmente ao Município fornecendo listagem dos matriculados, curso e período, para controle e acompanhamento, bem como valores recebidos relacionados às bolsas com os respectivos alunos. Além disso, é responsável pela publicação do edital, seleção e classificação com ampla divulgação.

Para a Secretária de Educação, Cultura e Esportes, Sirlene Machado Cunha Joaquim, o convênio é uma oportunidade às pessoas do município com renda familiar menor de poderem frequentar uma universidade, adquirir conhecimento e conquistar uma vida melhor.

O prefeito Ibaneis Lembeck, o Iba, diz que a Administração Municipal segue avançando na área educacional. “A valor e as bolsas disponibilizadas é mais um passo importante no quesito gerar oportunidades. Estamos fazendo aquilo que nossa capacidade financeira permite”, pontua. Iba finaliza agradecendo aos vereadores por entenderem a importância do convênio.

Entre os principais critérios o de ter renda familiar per capta de 1,5 salários mínimo nacional, residir no município, não ter mais de 75% de reaprovação e estar regularmente matriculado em cursos de graduação do Unibave.

Por Bertoldo Kirchner Weber: Assessor de Comunicação | SC 01866 JP

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-