18 maio 2022 - 7:25

Santos Óleos são abençoados na Catedral São José

Na abertura do Tríduo Pascal, na manhã de Quinta-feira Santa, dia 14, a Diocese de Criciúma celebrou na Catedral São José, a Missa dos Santos Óleos. Também conhecida como Missa do Crisma, a solene celebração eucarística foi presidida pelo bispo, Dom Jacinto Inacio Flach, e reuniu todos os padres que renovaram suas promessas sacerdotais, expressando a comunhão diocesana em torno do Mistério Pascal de Cristo.

Após dois anos de medidas restritivas devido a pandemia, o momento enfim pode ser vivenciado com a liberação total dos fiéis que compareceram em grande número. Em sua homilia, o bispo diocesano falou da importância do momento para a vida da Igreja e do ministério sacerdotal. “Neste dia, certamente aos olhos de Deus é maravilhoso, porque os seus filhos renovam as suas sagradas promessas do sacerdócio unidos a Ele, do qual todos nós padres fomos chamados a participar”, disse o epíscopo.

Levados até o altar em crismeira durante a solenidade, Dom Jacinto abençoou os óleos do Batismo e da Unção dos Enfermos e consagrou o óleo do Crisma. O óleo dos Enfermos foi levado pelo diácono Israel Maia Teixeira; o óleo do Batismo, também chamado de óleo dos Catecúmenos, foi levado pelo também diácono, Tiago Mota da Silva e óleo do Crisma, pelos diáconos Maurício Borges Feliciano e Rafael Borges Peres Martins. A este último foi adicionada uma essência, significando o bom perfume que o crismando deve exalar após a confirmação de sua fé. Obedecendo o rito, o mesmo óleo recebeu, por último, o sopro dos lábios do bispo, representando a presença do Espírito Santo.

Óleo dos Enfermos
É usado no sacramento dos enfermos, conhecido como “extrema-unção”. Ele simboliza a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa na doença e no sofrimento, ao mesmo tempo em que tem todo um significado de preparação da passagem desta vida para a vida eterna.

Óleo dos Catecúmenos
Significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, libertação e preparação para o nascimento pela água e pelo Espírito, para os que irão receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água.

Óleo do Crisma
Significa a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma) quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo também é usado no sacramento da ordem, (Sacerdotes) para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos.

Ao final da missa, o vigário auxiliar da Catedral e Coordenador Diocesano de Pastoral, padre Jonas Emerim Velho, agradeceu a presença do clero diocesano e o período de sinodalidade.  “Sabendo da importância do nosso ministério para a vida e missão da Igreja, a nossa gratidão e louvor a Deus”, disse o sacerdote evidenciado também o tempo da escuta proposto pelo caminho sinodal em sua fase diocesana. “Com a humildade da escuta e com a abertura do coração e de mentes, vamos caminhar juntos para, em breve, termos a síntese paroquial e colhermos os frutos desse tempo”.

Colaboração: Assessoria de Imprensa – Tiago Clezar

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-