13 junho 2024 - 9:14
- Anúncio -

Samae e Cegero já iniciaram a segunda edição do projeto AquaLuz

A Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero) e o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) já iniciaram a segunda edição do Projeto AquaLuz (Projeto de Formação de Jovens em Educação Ambiental e Infraestrutura Urbana), com 150 alunos que frequentam o 9º ano, períodos matutino e vespertino, da Escola de Educação Básica São Ludgero.

O projeto tem o objetivo de trabalhar temas e atividades voltadas ao desenvolvimento sustentável da comunidade e prevê vários encontros por ano, abordando os temas: recursos hídricos, energia elétrica, resíduos sólidos, meio ambiente e plano diretor, tratamento de água, tratamento de esgoto doméstico, rede pluvial, preservação e recuperação de matas, energias renováveis e iluminação pública, bem como conceitos vinculados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável – ODS, estabelecidos pela ONU, além de aspectos vinculados a ISO14001 e ESG que trata-se de um conjunto de boas práticas em empresas socialmente consciente, sustentável e do ponto de vista da governança.

O Samae e a Cegero possuem o compromisso de promover e sensibilizar a comunidade para as questões ambientais, sociais e sustentáveis visando obter uma melhor qualidade de vida aos munícipes e associados, bem como proteger o meio ambiente de forma geral.

O Coordenador de Administração e Regulação na Cegero, Flávio Schlickmann, informa que os alunos participantes do projeto, tem a oportunidade de agregar conhecimentos além da sala de aula e de conhecer in loco o funcionamento, por exemplo, das estações sejam elas de distribuição de energia ou tratamento de água e esgoto. “O programa visa oportunizar vivências que resultam em aprendizados para a vida e que contribuam diretamente na sustentabilidade do meio em que estamos inseridos, além de aproximá-los da comunidade na qual pertencem”, pontua.

O presidente da Cegero, Francisco Niehues Neto, e o Diretor do Samae, Maihcon Matias, acreditam que é possível sim promover o desenvolvimento de forma harmônica e saudável entre o ser humano e a natureza. “A execução do projeto vai ao encontro de construirmos juntos uma sociedade melhor, com as novas gerações mais conscientes visando um desenvolvimento saudável e equilibrado”, ressaltam.

        A Cegero tem sua atuação diretamente vinculada à infraestrutura urbana, sendo uma cooperativa distribuidora de energia elétrica, que pratica um dos menores preços do Brasil. Já o Samae é ligado diretamente à saúde pública, à preservação ambiental, sendo referência para o Brasil em coleta e tratamento de esgoto doméstico em 100% do município de São Ludgero.

O primeiro encontro aconteceu nos dias 2 e 3 de abril, no Auditório Danilo Niehues, na Sede Administrativa da Cooperativa.

Fonte: Ascom/Cegero

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-