12 junho 2024 - 8:14
- Anúncio -

Recordista mundial de Highline encara desafio no pico dos Dois Dedos, em Treviso

Entre os dias 19 e 22 de fevereiro, o atleta catarinense Rafael Bridi fará travessia em destino icônico nas encostas da Serra Geral

O recordista mundial de Highline Rafael Bridi vai encarar um novo desafio neste mês, desta vez na cidade de Treviso, na região sul de Santa Catarina. Entre os dias 19 e 22 de fevereiro, o atleta fará a travessia entre os Dois Dedos, formação rochosa que é símbolo do município e que ganhou o apelido pela semelhança com os dedos de uma mão humana. Bridi percorrerá aproximadamente 120 metros de distância, a cerca de 30 metros de altura, sobre uma fita de apenas 2,5 centímetros de largura. Tudo isso em meio à beleza cênica das encostas da Serra Geral.

“Esse desafio em si é sobre explorar novos locais, manter viva a chama de atleta e conquistador”, destaca o recordista, completando que também vai aproveitar para treinar velocidade, já que a distância é ideal para a sua preparação com foco no campeonato que vai ocorrer em Florianópolis nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro, na Praia do Gravatá. “Mas a proposta maior é promover o destino, Treviso, como um local ideal para turismo de aventura e para desfrutar de suas atrações naturais, que se combinam com a grandiosidade da Serra Catarinense e os cânions que cercam a cidade”, ressalta Bridi, que também é sócio-fundador da Natural Extremo, empresa que oferece atividades como o Salto de Pêndulo e a Tirolesa de Bike em Urubici. Como empresário, Bridi transforma o Highline em mais uma ferramenta para a promoção do ecoturismo em localidades ainda pouco conhecidas pelos viajantes. “Além de superação de limites pessoais, é uma forma de inspirar outras pessoas a conhecerem de perto as belezas da região”, afirma.

Além dos amigos e parceiros de Highline, Chico Amorin, Jocimar Simões e Ryan Robinson, o atleta terá a colaboração do escalador Tatu, que vai auxiliar nas ancoragens do Highline. “Um dos lados dos Dois Dedos é acessível por uma modalidade de escalada que não domino. Assim, nada melhor agregar pessoas com o mesmo espírito de aventura e muito conhecimento técnico”, afirma Bridi.

O desafio em Treviso é realizado pela Associação de Turismo de Treviso (ANDAR), com organização do Instituto Alouatta, patrocínio da Cooperativa de Energia de Treviso (CERTREL), Fundição Treviso (FUNDITREL) e CRESOL – Cooperativa de Crédito, e apoio da Pousada Santo Antônio e do Parque Bela Vista.

Recordes mundiais

O atleta catarinense Rafael Bridi detém hoje dois recordes mundiais de Highline. A primeira vez em que marcou seu nome no Guinness Book foi em 2020, com a maior travessia de highline, 261 metros, dentro de um dos vulcões mais ativos no mundo, no Monte Yasur, na ilha de Tanna, em Vanuatu. A segunda vez, em 2021, foi na cidade de Praia Grande (SC), com o highline mais alto do mundo em relação ao solo – Bridi fez a travessia entre dois balões no ar, a 1.901 metros do chão.

Colaboração: Gabriela da Silva | Atré Comunicação

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<