23 setembro 2020 - 10:38

Realizada em Orleans audiência pública sobre revisão do Plano Diretor

Foi realizada nesta terça-feira, 24 de setembro, no centro administrativo, em Orleans, a audiência pública sobre revisão do Plano Diretor.

O Plano Diretor é uma exigência de Lei e deve ser revisado periodicamente. O Plano Diretor de Orleans foi criado em 1998 e ao longo dos anos foram realizadas algumas alterações. Em 2007 foi à última revisão, que é o que está em vigência atualmente.

Na oportunidade foi apresentado aos presentes o plano atual em vigor desde 2007.   Após as explicações, também foram apresentadas as sugestões de engenheiros e arquitetos. Ouvido sugestões e sanados questionamentos, que serão observados no processo de revisão do plano.

A arquiteta Beatriz Gonçalves dos Santos, ressaltou que o Plano Diretor é o que norteia o crescimento da cidade, dando aparato às cidades de qual melhor forma de direcionar o seu crescimento. “É importante frisar que o Plano Diretor atual está muito defasado. É necessário um plano mais moderno, pois este serve para prever problemas futuros e também para valorizar as potencialidades do município”.

Ela ainda apresentou os mapas das áreas de APP Urbanas e as áreas verdes existentes. Que conforme ela dá um macrozoneamento do município em um todo. Nós temos no município o mapa do sistema viário que traça as principais vias da cidade. “Ele cria uma hierarquia de vias criando as vias estruturais, coletoras e vias locais. Conforme estas hierarquias, são definidas quais usos podem ser feitos em cada via,” pontuou.

O Engenheiro Civil Mateus Miranda comentou na oportunidade “nós temos algumas ruas com suporte para atender que é a Rua Leite Ribeiro e a Rua professor Maya, que hoje como está no atual plano ela restingui muito. A proposta que veio dos arquitetos seria transformar em Zonas Mistas que elas atendam também construções maiores, empreendimentos maiores, assim também como na beira das rodovias, para que sejam transformadas em zonas mistas para que seja possível ampliar a parte de comercio e serviços”, pontuou.

“É muito importante entendermos a cidade e suas vias, o que pode o que não pode. É muito pertinente como à via vai suportar. Dentro das analogias feitas foram justamente em virtude disso. Existiam alguns usos muito defasados onde previa empreendimento de grande porte onde a via não suporta fluxo intenso. Nós reavaliamos os espaços e reorganizamos algumas situações, por isso que no mapa surgiram algumas hachuras para serem atualizadas. Tudo muito sutil sem mudanças drásticas, porem trazendo para nossa realidade” comentou o Arquiteto Henrique Pavei Willemann.

O prefeito Jorge Luiz Koch, pontuou na oportunidade sobre a equipe que está à frente da revisão do Plano Diretor. Importante para que a cidade cresça e seja organizada. Nós precisamos expandir e melhorar o aspecto da nossa cidade. Ressaltou o Gestor.

É importante que a população participe e questione, para isso a prefeitura mantem um local no site para todos se manifestarem. Além desta, outras audiências publicas deverão ser realizadas.

Por: Gerciana Ascari – Imprensa News Sul

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-