18 junho 2024 - 1:21
- Anúncio -

Quilombo Ilhotinha, em Capivari de Baixo, recebe palestras e oficinas sobre ritmos afro-brasileiros

Percussão Catarina é uma iniciativa do músico e educador musical Luciano Candemil. Ao abordar os ritmos afro-brasileiros, projeto reverbera e exalta parte importante da cultura afro-diaspórica marcante na identidade quilombola

Os ritmos de origem africana são parte importante da cultura musical brasileira e, sobretudo, têm papel fundamental na construção da identidade dos povos quilombolas. Nas próximas duas semanas, o Quilombo Ilhotinha, em Capivari de Baixo, vai receber uma série de palestras e oficinas sobre os ritmos afro-brasileiros. As atividades integram o projeto Percussão Catarina, do músico e educador musical Luciano Candemil. Algumas atividades são exclusivas para alunos da EMEB Vitório Marcon, mas há outras abertas ao público.

Nos dias 4 (quinta-feira) e 5 (sexta-feira) de abril haverá rodas de conversa e oficinas de percussão destinadas aos alunos do ensino fundamental da escola e também aos estudantes do EJA. A programação se repete na semana seguinte, nos dias 11 (quinta-feira) e 12 (sexta-feira), mas com participação aberta a quem se interessar pelo tema.

Na quinta-feira (11), das 20h às 22h, Luciano Candemil ministra uma palestra em formato de roda de conversa em que serão propostos debates sobre a importância dos ritmos e da cultura afro-brasileira, a relevância da tradição oral na transmissão de conhecimentos musicais, aspectos relacionados às culturas tradicionais, à educação e ao papel da cultura na formação cidadã.

Na sexta-feira (12), é hora de ir para a prática, com a oficina pautada pelos ritmos de batucada, como o Olodum, Ilê Ayê e Timbalada, que ocorre das 18h30 às 22h30. Os interessados em participar devem fazer contato com o representante da ONG Resistência, José Carlos Mendes (Tinho), através do WhatsApp: (48) 98839-0688.

Idealizador do projeto, Luciano Candemil destaca a parceria que vem estreitando com a comunidade da Ilhotinha. “Já estive na comunidade com esta oficina há pouco tempo e agora volto, com outra abordagem, mas com o mesmo prazer em trabalhar esse tema tão importante para a cultura quilombola e afro-brasileira. Temos criado uma relação de muito respeito e de aprendizado mútuo, que é a grande motivação do projeto Percussão Catarina”, afirma.

Projeto realizado pelo Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), com recursos do Governo Federal e da Lei Paulo Gustavo.

 

Serviço:

O Quê: Percussão Catarina: Oficinas de ritmos afro-brasileiros;

Onde: EMEB Vitório Marcon. Rua Antônio Luiz Bittencourt, 3196 – Ilhotinha. Capivari de Baixo (SC).

Quando:

– 04 de abril (quinta-feira), das 20h às 22h: Palestra (roda de conversa);

– 05 de abril (sexta-feira), das 7h30 às 11h30: Oficina de ritmos afro-brasileiros;

– 05 de abril (sexta-feira), das 18h30 às 22h30: Oficina de ritmos afro-brasileiros;

– 11 de abril (quinta-feira), das 20h às 22h: Palestra (roda de conversa) – atividade aberta ao público;

– 12 de abril (sexta-feira), das 7h30 às 11h30: Oficina de ritmos afro-brasileiros;

– 12 de abril (sexta-feira), das 18h30 às 22h30: Oficina de ritmos afro-brasileiros – atividade aberta ao público;

Quanto: a participação é inteiramente gratuita.

Colaboração: Thiago Cassaniga Furtado – Assessoria de Imprensa 

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<