1 março 2024 - 5:33

Ação do MPSC leva a condenação de quatro grandes chefes do tráfico de drogas em Jaguaruna

Condenados trabalhavam, de forma organizada, na prática do crime de tráfico de drogas na Biqueira do Paulo Cruz,conhecido ponto de comércio de entorpecentes no Sul do estado.

“Uma verdadeira empresa do crime”. Assim foi denominada a atividade praticada por um grupo criminoso que atuava há anos no tráfico de drogas na cidade de Jaguaruna. Nesse cenário, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) obteve, no mês de setembro, a confirmação pelo Tribunal de Justiça da condenação dos quatro responsáveis pelas atividades ilegais no Sul do estado.

Evano Evellus de Araújo Herculano, Jefferson da Matta, Juliana da Silva Costa e Zaqueu Medeiros Nogueira são apontados como responsáveis pelo grupo criminoso e foram condenados pelos crimes de associação para a prática do tráfico ilícito de entorpecentes e tráfico ilícito de entorpecentes, com aumento de pena em razão do emprego de arma de fogo e da participação de um adolescente no esquema criminoso. O ajuizamento da ação penal, seguido da condenação, foi fruto de um minucioso relatório policial elaborado em 2019, que identificou os quatro chefes desse comércio de entorpecentes nos últimos anos.A Promotora de Justiça Raísa Carvalho Simões Rollin destaca que “há anos esse ponto de compra e venda de drogas está ativo em nossa cidade e, apesar das prisões, monitoramentos e seguidas operações ali realizadas, pouco a pouco, novos agentes eram encarregados para assumir o ponto. Era preciso desmantelar a cúpula. A prisão e condenação dos verdadeiros líderes dessa biqueira, portanto, representa uma grande conquista para nossa sociedade”.

Juliana da Silva Costa foi condenada a 17 anos e 16 dias de prisão; Evano Evellus de Araújo Herculano, a 14 anos, 7 meses e 20 dias; Jefferson da Matta, a 15 anos, 2 meses e 20 dias e Zaqueu Medeiros Nogueira, a 17 anos e 16 dias de reclusão.

Atuação desde 2018

No bairro Paulo Cruz, na cidade de Jaguaruna, funcionava um conhecido ponto de tráfico de entorpecentes de responsabilidade de uma organização criminosa conhecida em Santa Catarina. A chamada ‘Biqueira do Paulo Cruz’ já havia sido alvo de inúmeras operações policiais, com apreensão de drogas como maconha, crack, cocaína e objetos sugestivos ao tráfico, além da prisão de envolvidos. Porém nunca até então havia se chegado à prisão e condenação dos quatro líderes da empreitada criminosa.

Localizada a poucos metros do Fórum da cidade e nas adjacências da Delegacia de Polícia Civil e do Batalhão da Polícia Militar, a famosa Biqueira alimentava, de forma ininterrupta, o vício dos usuários da região. Os autos apontam, ainda, que alguns dos condenados já haviam inclusive sido presos por crimes semelhantes como tráfico de drogas e associação para o tráfico na região, em cidades como Tubarão e Braço do Norte.

Fonte:MP-SC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-