22 janeiro 2022 - 5:25

Projeto de lei que trata do novo Plano de Carreira da Polícia Civil é entregue à Alesc

Na manhã desta terça-feira (30), o delegado-geral da Polícia Civil de Santa Catarina participou, juntamente com o chefe da Casa Civil do Estado, Eron Giordani, do ato da entrega pelo Poder Executivo do projeto de lei que trata do novo Plano de Progressão e Valorização das Carreiras da Polícia Civil à Assembleia Legislativa (Alesc).

Fotos: Divulgação/PCSC

O documento foi recebido pelo presidente da Alesc, Mauro de Nadal, e é destinado a organizar os cargos de provimento efetivo e a evolução funcional do policial civil com os objetivos de valorizar os profissionais, incentivar a qualificação, democratizar as oportunidades de crescimento e promover a valorização do sistema do mérito, além de racionalizar e melhorar a qualidade dos serviços prestados.

O projeto de lei traz como principais pontos, na prática, alterações modernas e administrativas de gestão em torno da progressão das carreiras da Polícia Civil e que dão condições, por exemplo, de uma reestruturação que propiciará a recomposição do efetivo por parte das promoções dos agentes de autoridade policial e dos delegados de polícia.

De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, o novo plano de carreira será implementado ao longo dos anos e em que se pretende basicamente trazer o reconhecimento dos policiais civis, que com o passar dos anos galgam novas condições de classe dentro da estrutura da Polícia Civil, dentro dos princípios de razoabilidade e proporcionalidade.

“Trata-se de uma reformulação histórica na administração e gestão da Polícia Civil. Um dos principais pontos aborda a recomposição do efetivo da Instituição, que se dará pelo todo e não mais pelo quadro de acesso, que seria o nível 1 das carreiras de agente de autoridade policial”, destaca o delegado-geral. Estão abrangidos Agentes de Polícia, Escrivães de Polícia, Psicólogos Policiais e Delegados de Polícia.

Entidades acompanham ato na Alesc

A entrega do projeto de lei também contou com a presença de representantes da Adepol (Associação dos Delegados de Polícia de SC) e do Sindicato dos Policiais Civis de SC (Sinpol), além de deputados e diretores da Polícia Civil.

Para a presidente da Adepol, delegada de polícia Vivian Garcia Selig, o novo plano de carreira possibilitará o crescimento profissional e valoriza o policial civil, o que reflete na segurança pública ao cidadão.

O presidente do Sinpol, Elmar Schmitt Osório, parabenizou pela iniciativa e também ressaltou a valorização do policial civil.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-