14 junho 2024 - 5:31
- Anúncio -

Projeto cria Auxílio Alimentação para estagiários e concede acréscimo de 33% no auxílio dos servidores

O poder executivo de Braço do Norte enviará à Câmara, para apreciação dos vereadores, um Projeto de Lei que cria o Auxílio Alimentação para os estagiários da Prefeitura Municipal no valor de R$ 150.

Com isso, os estagiários da Prefeitura que fazer quatro horas, receberam R$ 400 mais Auxílio Alimentação de R$ 150. Os que cumprem cinco horas receberão R$ 500 mais Auxílio Alimentação de R$ 150 e os que fazem seis horas, receberão R$ 600 e R$ 150 de Auxílio Alimentação.

A novidade se estende também para os servidores públicos municipais, efetivos ou não, que receberão um acréscimo de 33,33% no benefício, passando de R$ 300 para R$ 400.

De acordo com o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, a medida, que visa repor perdas inflacionárias de anos anteriores, foi estudada com muita responsabilidade. “Foram feitos estudos internos e chegamos ao máximo de reajuste possível para que não haja interferência nas contas do Município. Tudo está sendo feito de maneira muito cuidadosa, pensando no equilíbrio financeiro da Prefeitura, que tem quase 1.500 servidores, sendo a maior empregadora do Município”, encerrou.

No projeto também consta que, em caso de covid, dengue ou febre amarela, os servidores que apresentarem atestado não perderão o auxílio, sendo que o Município conta com um regramento de descontos no auxílio alimentação e, com isso, foi reduzido consideravelmente o afastamento de servidores da jornada diária, contribuindo para uma maior assiduidade no trabalho.

Após a aprovação do Legislativo, a Lei retorna para o executivo e será sancionada pelo prefeito, passando a valer a partir de abril.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<