27 maio 2024 - 6:50
- Anúncio -

Produtores de Nova Veneza poderão resgatar produção de suíno Moura

A ação faz parte de um estudo da Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com o SESCOOP e CNPQ.

Com o intuito de promover um encontro técnico sobre o potencial produtivo de suínos Moura e agregação de seus derivados no sistema cooperativista existente em Nova Veneza, no dia 02 de agosto de 2023, aconteceu uma visita técnica da equipe da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O grupo composto pelo professor Dr. Giustino Tribuzi, a mestranda Luara Maccari e o doutorando Sebastião Ferreira Magagnin, apresentaram o projeto Suíno Moura produzido em sistemas Cooperativistas como fomentadores de sustentabilidade ambiental, qualidade e agregação de valor dos derivados. O projeto é da Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com o SESCOOP e CNPQ.

Durante o encontro, o grupo da UFSC destacou a valorização de raças de suínos locais e produção de derivados de alto valor agregado, utilizando exemplos de países como Espanha e Itália e explanando os potenciais produtivos nacionais e regionais.

“Esse trabalho com Moura visa o resgate da raça autóctone, nativa do Sul do Brasil, trazida pelos colonizadores para a América Latina. Hoje é considerada uma raça nacional e que acompanha os plantéis de estilos caipiras há muito tempo. A raça estava caindo em declínio e desuso, e estamos fazendo o resgate visando valorizar a carne deste animal. A maior parte da produção de suínos no Brasil é industrial. Quando reapresentamos o suíno caipira, abre-se novas perspectivas com uma matéria-prima distinta do padrão industrial e um alimento potencialmente mais saudável e, claro, já com a valorização de produtos artesanais com alto valor agregado. Quando colocas uma raça adaptada localmente para o ambiente, tu tens uma matéria-prima para confecção de produtos com as características do território, a exemplo do que podemos obter no Sul de Santa Catarina. Podemos assim ter um presunto ou um produto curado com as características do Sul catarinense. Esse tipo de valorização, inclusive com selos de origens, a Europa faz muito bem”, pontuou o doutorando Sebastião Ferreira Magagnin.

A presidente da Coofanove, Maria Regina Romagna destacou o apoio da cooperativa e outras entidades de Nova Veneza ao projeto de doutorado do Suíno Moura pensando no resgate da produção. “Como somos a Capital Nacional da Gastronomia Típica Italiana, a ideia é desenvolver o resgate da produção do porco Moura e ter produtos diferenciados como em países da Europa. Nós teremos o acompanhamento da criação, trato, pastagem especial, orientações e análises aos produtores nas unidades”, afirma.

A equipe visitou o entreposto de derivados de suínos da família Dagostin, localizado no Distrito de Caravaggio e a propriedade da Família Bortolotto.

Participaram ainda do encontro representantes das instituições relativas à agricultura familiar e à produção de produtos artesanais de Nova Veneza-SC, dentre eles estavam: Rodrigo Feltrin, da EPAGRI, Paulo César Marini, vice-presidente da COOFANOVE, Evandro Boaroli, presidente do Sindicato de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Elton Nuernberg, extensionais da CIDASC, Edgar Preis, secretário municipal de Agricultura e com a presença de outros proprietários rurais e suinocultores de subsistência: Romencito José Aléssio, Eder e Daniel Bortolotto.

Durante a visita da equipe à Nova Veneza-SC, também contou com a presença em alguns momentos da presidente da COOFANOVE, Maria Regina Romagna Pasetto. Outras atividades e visitas técnicas da equipe do projeto serão realizadas no município nos próximos meses.

Fotos: Lucas Sabino

Colaboração: Cris Freitas  Nuova Agência – Conteúdo e Assessoria de Imprensa

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<