23 setembro 2020 - 10:53

Prefeitura pede esclarecimentos da Casan sobre cobranças injustas nas tarifas de água e esgoto

Após receber inúmeras reclamações de munícipes sobre cobranças injustas nas tarifas de água da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), o prefeito de Braço do Norte, Beto Kuerten Marcelino, expediu na manhã deste sábado, 18, um ofício à Unidade de Braço do Norte solicitando informações e providências.

Conforme Beto, a Prefeitura pediu que a Casan realize um novo aferimento de consumo de água e esgoto dos munícipes de Braço do Norte, referente ao faturamento do mês de abril de 2020. “Caso isso não seja possível, solicitamos que os valores cobrados sejam de acordo com a média dos últimos três meses, pois constatamos que os valores das fatura mensal extrapolam o aceitável e prejudicam gravemente os orçamentos familiares em um mês em que passamos por uma crise econômica causada pela pandemia do Covid-19”, relatou o prefeito.

O gestor municipal também solicitou algumas informações como se ocorreu alteração da alíquota tarifária, alteração do período de medição do consumo referente ao faturamento de abril e qual a justificativa para os aumentos generalizados nas faturas de água e esgoto da população de Braço do Norte. “Já sabemos que houve um atraso na cobrança, na aferição nas residências, mas a população não pode pagar por isso. É inaceitável e vamos fazer o possível para que haja uma revisão da forma de cobrança, que seja realizada uma nova aferição ou que proponha através da média dos últimos meses uma cobrança justa. A Prefeitura continuará sempre atenta, pois é nossa obrigação e nosso trabalho”, finalizou.

Por Suham Dellatorre/Assessoria de Comunicação

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-