terça-feira, 14 julho 2020 - 11:47

Prefeito de Grão-Pará assina Ordem de Serviço para Construção da Casa da Cultura

Na tarde desta quinta-feira, 21, o Prefeito Municipal de Grão-Pará, Marcio Borba Blasius, junto com o Vice-Prefeito Ademir Bonetti, Secretários Municipais, vereadores e demais autoridades, recebeu em seu gabinete o representante da empresa Estruturar Construção Civil Ltda, para a assinatura da ordem de serviço para a construção da Casa da Cultura no Município de Grão-Pará. O contrato tem o valor de R$ 198.441,07 (cento e noventa e oito mil e quatrocentos e quarenta e um reais e sete centavos), oriundos de uma emenda do Orçamento Geral da União/2017 do Ex-Deputado Federal Ronaldo Benedet, através do Ministério do Turismo. Com a construção da Casa da Cultura o Município neste espaço físico, vai receber os turistas e apresentar-lhes a História de Grão-Pará. Além disso, o Município tenciona que nesse mesmo espaço físico seja utilizado para realização de cursos, palestras, apresentações, ressaltando-se sempre a História nobre, imperial de Grão-Pará. A casa também servirá para receber os turistas para mostrar o potencial turístico e resgatar a cultura e a História do Município. Grão-Pará é um Município com origem nobre, imperial. A História do Município de Grão-Pará iniciou-se, ainda, no século XIX, em 1870, quando o Imperador do Brasil, D. Pedro II, e sua esposa, a Imperatriz D. Teresa Cristina, doaram à filha primogênita, a Princesa Isabel, um lote de terras na Província de Santa Catarina, por ocasião do casamento da Princesa Isabel com o Conde D’Eu, neto de Luiz Felipe, ex-Rei da França, em 1870. A partir de 1881, a Província passou a ser colonizada, e Grão-Pará era a Sede da Colônia Imperial Grão-Pará. O nome da Colônia deve-se à homenagem feita pela Princesa Isabel a seu filho primogênito, o Príncipe Grão-Pará. A partir da instalação da Colônia, em 1882.
O Prefeito Marcio Borba Blasius falou dessa conquista. “Com muita alegria assinei hoje a ordem de serviço para que a empresa Estruturar Construções Ltda inicie a obra os mais rápido possível. Quero ressaltar que nós conquistamos essa verba no início do mandato junto ao Ministério do Turismo, um recurso destinado exclusivamente para essa finalidade, não podendo ser utilizado para outros serviços. Além disso, com muita satisfação, nós estamos podendo atender à solicitação das entidades ligadas ao turismo e cultura de Grão-Pará, com uma obra que vai resgatar a História da Colônia Grão-Pará”, relatou prefeito Marcio.
Dione Heinzen

Fonte: Secretário Municipal da Administração e Fazenda

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-