14 julho 2024 - 1:30
- Anúncio -

População de Urussanga deve ficar atenta as dicas para colaborar com o recolhimento do lixo

A coleta de lixo em Urussanga, realizada por uma empresa terceirizada, enfrenta desafios que podem ser melhorados com a colaboração da população. Gilmar Elias, responsável pela coleta na cidade, destaca que algumas práticas que têm dificultado o trabalho da equipe.

Entre os principais problemas está o lixo solto. Muitos moradores não ensacam o lixo, o que complica a coleta e aumenta o tempo necessário para o serviço. “É fundamental que todo o lixo seja ensacado corretamente”, enfatiza Gilmar. Outro problema recorrente são os restos de alimentos depositados em lixeiras sem tampa. O odor atrai animais, que acabam furando e espalhando o lixo pelas ruas. O responsável sugere que utilizar lixeiras com tampa é uma medida simples que pode evitar esse transtorno.

Além disso, a mistura de lixo orgânico com reciclável tem sido um desafio constante. A separação correta dos resíduos é crucial para o processo de reciclagem e para a eficiência da coleta. O Cirsures orienta que a população precisa respeitar as lixeiras que são exclusivas para a coleta seletiva e também que ainda tem uma parte que não participa da coleta seletiva, não separando os recicláveis em casa.

Para melhorar a situação, é essencial que os moradores fiquem atentos aos dias em que o caminhão de lixo passa em frente às suas casas. Seguir o calendário de coleta e adotar as práticas recomendadas contribuirá para uma cidade mais limpa e organizada. A colaboração de todos é fundamental para que a coleta de lixo em Urussanga seja eficiente e sustentável.

 

Assessoria de Comunicação / Prefeitura de Urussanga
Vanessa Matiola
spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<