24 outubro 2021 - 11:57

Polícias Civil e Militar cumprem mandado de busca e apreensão na localidade de Brusque do Sul, em Orleans

A Polícia Civil de Orleans, com apoio da Polícia Militar e do K9-NOC (Núcleo de Operações com Cães) da Delegacia Regional de Criciúma, cumpriu, na tarde de hoje, mandado de busca e apreensão em uma propriedade da Estrada Geral Brusque do Sul.

Segundo informações registradas em boletim de ocorrência, no dia 08 de março de 2021, V. V. registrou ocorrência contra J. P. V., 35anos, o qual estaria retirando uma malha de eucaliptos de V., além de ter partido para cima dele e ameaçado de morte V. gravou J. perseguindo-o, tendo o suspeito dito que “se tu denunciar, não vai dar tempo de terminar a estufa, que tu vai estar morto!”. Diante desse fatos foi instaurando inquérito policial para apurar os fatos.

J. P. V. já respondeu a três termos circunstanciados entre os anos de 2018 a 2020 por ameaças, injúrias, difamação e crime contra o meio ambiente.

Além disso, J. atacou as autoridades públicas em grupo de whatsapp, as quais estariam sendo omissas na fiscalização de medidas sanitárias em razão da pandemia do Covid-19, em que pese todos os esforços do Ministério Público, Polícia Civil Polícia Militar e demais órgãos.

Representada pela decretação de busca e apreensão, foram apreendidos quatro pássaros silvestres, dois “coleiros” e dois “trincas-ferro”. Um dos “coleiros” não possuía anilha e os demais, em que pesem possuírem anilha, não existia documento comprobatório de propriedade expedido pelo IBAMA.

De acordo com informações do Delegado de Polícia Civil Ulisses Gabriel, “Dentro de uma camionete que estava no terreno foi encontrado um rifle calibre .22, com mira e silenciador (dispositivo de uso restrito). Mesmo com registro, a arma não estava no interior da residência ou em uma dependência desta (o que é autorizado com o registro), e como o suspeito teria praticado crime de ameaça, além de responder pelos crimes de porte de arma, porte de acessório de arma de fogo de uso restrito e ameaça, poderá ter o registro da arma cassado pela Polícia Federal”. Explicou.

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-