29 fevereiro 2024 - 3:04

Polícia Civil identifica três autores do roubo de 60 Iphones e dois são presos

Na manhã de segunda-feira, dia 08, no centro de Criciúma, o dono de uma loja de celulares foi vítima de um grave roubo. Dois homens simularam ser clientes. Com uso de armas de fogo, anunciaram o assalto. A vítima foi rendida e amarrada. Os criminosos levaram cerca de 60 aparelhos celulares marca Iphone, além de outros eletrônicos, sendo estimado um prejuízo aproximado de 300 mil reais em mercadorias.

A Divisão de Repressão a Roubos (DRR/DIC Criciúma) da Polícia Civil, coordenada pelo Delegado Yuri Miqueluzzi, iniciou as investigações logo após o crime. Os policiais civis estiveram no local dos fatos e as diligências foram iniciadas. O trabalho de investigação foi otimizado com informações de múltiplos órgãos de segurança e inteligência, resultando na identificação de três autores do crime.

Dois autores que ingressaram armados na loja (30 e 29 anos) e mais o motorista do carro de fuga (32 anos) foram qualificados e indiciados pelo roubo com uso de arma de fogo e concurso de pessoas. A DIC de Criciúma representou pela prisão preventiva dos três. Dois foram presos, com apoio da Polícia Civil gaúcha e da Brigada Militar. Um foi preso em Caxias do Sul/RS e outro foi capturado em Santa Maria/RS. O terceiro envolvido segue foragido. Todos são gaúchos e possuem histórico policial por delitos graves.

Os autores são suspeitos de integrarem associação criminosa para realização de roubos em Criciúma, Tubarão, Araranguá, Sombrio e outras cidades gaúchas. Na investigação, participaram setores de investigação da DP de Sombrio, DIC de Araranguá, DIC de Tubarão e unidades policiais civis do RS. De forma integrada, a apuração ainda teve apoio de núcleos de inteligência da Polícia Civil de SC e do RS, além de agências de inteligência da Polícia Rodoviária Federal e da Polícia Militar. A Polícia Científica realizou as perícias.

Fonte: PCSC

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-