17 julho 2024 - 6:31
- Anúncio -

Operação Mundare é deflagrada e visa o cumprimento de 29 ordens judiciais

A Polícia Civil de Santa Catarina, por intermédio da DIC de Laguna, deflagrou, nessa data, a “Operação Mundare”, com o objetivo de realizar o cumprimento de 29 (vinte e nove) ordens judiciais, consistentes em 20 (vinte) mandados de busca e apreensão e 09 (nove) mandados de prisão.

A operação, que contou com a imprescindível participação de diversos setores das Polícias Civil (Delegacias de Garopaba, Imbituba, Pescaria Brava, DPCAMI Laguna, DIC de Tubarão, NOC DEIC, NOC Sul e SAER) e Militar (guarnições do Pelotão de Patrulhamento Tático, Agência de Inteligência e Canil Setorial), objetivou apurar diversos crimes praticados por integrantes de uma conhecida Organização Criminosa armada, dentre os quais atos de tortura e cárcere, porte ilegal de arma de fogo, e o homicídio exercido em desfavor de Douglas da Rosa Ferreira, executado na comunidade da Ponta das Pedras por volta das 23h40min do dia 30 de abril de 2024.

As investigações sedimentadas no Inquérito Policial da DIC dão conta de que integrantes de uma organização criminosa armada de estrutura estadual articularam-se entre si, com o objetivo de praticar diversos crimes contra a vida de desafeto e devedores, passando a aplicar, nesses casos, os seus próprios regramentos. Flagrou-se, no curso dessas investigações, diversos atos de tortura, sequestro e cárcere privado, homicídios consumados e apurou-se que outros homicídios ainda se encontravam em vias de ocorrer na comarca de Laguna.

A referida operação policial, assim, é uma resposta séria e concreta dada pelo Estado em razão dos diversos crimes apurados no curso dessas investigações na cidade de Laguna, e visa não só desmantelar a estrutura desses grupos criminosos, como também prevenir tantos outros ainda em grau de planejamento.

As investigações serão finalizadas no prazo de 30 (trinta) dias.

spot_img
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-
<