28 setembro 2020 - 11:54

Obras de prevenção entram na fase final de execução, em São Ludgero

Os trabalhos referente as obras preventivas em áreas de riscos de desastre em dias de chuvas fortes no bairro Nossa Senhora Aparecida, em São Ludgero, entram na fase final de execução.

A obra está sendo executada em quatro etapas. A primeira, já executada, trata-se do enrocamento de pedra entre a rua Irmã Teófana e rio Braço do Norte, diante do avanço da erosão que ameaçava construções próximas. Na segunda etapa foi construído um muro de contenção entre a margem direita do córrego, contemplando os fundos dos terrenos com várias famílias residindo. Na terceira etapa aconteceu a construção de uma ponte em concreto, substituindo uma ponte de madeira antiga e, atualmente, os trabalhos concentram na quarta etapa que engloba muro de contenção entre o morro de encosta íngreme e fundos de terrenos de várias residências, bem como a construção de uma nova drenagem pluvial e um sistema que captará águas pluviais da encosta direcionando ao córrego existente no local.

O Engenheiro Civil, Cláudio Dandolini, responsável pela Fiscalização Municipal da obra, diz que o objetivo é que a obra seja concluída até final do ano. “Os esforços estão sendo realizados para que a Fraga Construções e Engenharia Ltda., ganhadora do processo licitatório, conclua os trabalhos antes da chegada das fortes chuvas de verão”, enfatiza o engenheiro.

A Administração Municipal de São Ludgero assinou e entregou a Ordem de Serviço no valor de R$ 569.911,56 no dia 20 de março de 2018, em ato realizado na empresa Esquadrias de Alumínio do Beto, no próprio bairro. O recurso é oriundo do Ministério da Integração Nacional, através da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil/Departamento de Articulação e Gestão com contrapartida do Município.

O prefeito de São Ludgero, Ibaneis Lembeck, o Iba, diz que é uma das obras mais importantes realizadas pela gestão municipal. “Com a obra inúmeras famílias estão mais seguras e dormindo mais tranquilas durante dias de chuvas fortes”, enfatiza o prefeito. Ele aproveita para agradecer a parceria e colaboração do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) em relação às redes de água e esgoto, bem como a Cooperativa de Eletricidade de São Ludgero (Cegero), em relação a mudanças de postes e redes.

A moradora Maria Martins, popular Ica, 59 anos, que há 18 anos mora no local diz que as obras feitas pela Prefeitura no local são importantes para as famílias. “Dá uma segurança maior tanto para quem mora às margens do córrego e para quem faz fundo ao morro”, declara.

É importante informar que a obra poderia já ter sido concluída, mas diante de dificuldades encontradas para executar a quarta etapa, que seria a escavação do citado morro, por existência de muitas rochas e a necessidade de detonações colocando em risco as edificações próximas, optou-se em mudanças no projeto original, alterando escavações por construções de muros de concreto. “Então, foi preciso aguardar a aprovação das alterações no projeto, elaborado pela Associação de Municípios da Região de Laguna (Amurel), pelo Governo Federal para reinício dos trabalhos”, lembra o prefeito Iba.

 

Bertoldo Kirchner Weber /Assessor de Comunicação

 

 

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-