3 dezembro 2021 - 12:26

Novo grupo da ATeG leite inicia em Orleans

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Santa Catarina (SENAR/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária (FAESC), e o Sindicato dos Produtores Rurais de Orleans, formaram mais um grupo do Programa de Assistência Técnica e Gerencial   (ATeG/Bovinocultura de Leite) na região sul.

O evento de sensibilização, realizado na última semana na sede administrativa da Prefeitura, contou com a participação do presidente do Sindicato Natalino Bianco, do supervisor técnico do SENAR/SC Jaison Buss, da supervisora regional Sueli Silveira Rosa, entre outras lideranças. A iniciativa oportunizou formar uma nova turma com 30 produtores que terão o acompanhamento do técnico de campo Ramon Ghizzo. “Foi um sucesso, pois formamos um excelente grupo”, destaca Sueli.

A coordenadora estadual da ATeG em SC, Paula Coimbra Nunes, ressalta que o programa atende atualmente 2.100 produtores de leite divididos em 70 grupos em todas as regiões do Estado. Ela explica que a iniciativa possui metodologia própria nacional, que possibilita disseminar novas tecnologias e formas de manejo, auxiliando o produtor a ter mais conhecimento sobre a sua atividade e, consequentemente, a tomar decisões mais assertivas.

O superintendente do SENAR/SC, Gilmar Zanluchi, complementa que o programa é uma das ferramentas essenciais para fomentar a pecuária leiteira em Santa Catarina. “Além das técnicas de manejo da produção, oferece acompanhamento gerencial das propriedades rurais, o que é fundamental para controlar os custos e avaliar os resultados econômicos da propriedade. Com a ATeG, os produtores investem em novas técnicas de gestão, controle e tecnologias, manejo, entre outros aspectos que elevam a produtividade e ajudam a gerar mais renda”.

Foto: arquivo/SENAR-SC

O presidente do Sistema FAESC/SENAR-SC, José Zeferino Pedrozo, ressalta o potencial catarinense na produção de leite ao mencionar que o Estado se destaca como quarto maior produtor no Brasil. “Trata-se de uma produção importante para inúmeras famílias do meio rural que investem, cada vez mais, em boas práticas e tecnologias. Não temos dúvidas de que o apoio qualificado, tanto do SENAR/SC quanto da Epagri, do Sebrae e outras entidades, Prefeituras e indústrias, vem sendo essencial para o bom desempenho do setor”.

Colaboração: MB Comunicação

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-