1 março 2024 - 6:32

Novembro Azul conscientiza homens para cuidados diversos com a saúde

Além do câncer de próstata, outras doenças como as cardiorrespiratórias são detectadas facilmente em consultas médicas e acompanhamentos.

A Prefeitura de Orleans em parceria com a Secretaria de Saúde e a Rede Masculina de Combate ao Câncer, acabam de lançar a campanha Novembro Azul, em prol da ação mundial de conscientização e prevenção de doenças masculinas, como o câncer de próstata e doenças cardiorrespiratórias, que são os maiores causadores de letalidade masculina. Para ter ideia, muitas dessas doenças são preveníveis ou ao menos tratáveis com acompanhamento regular com profissionais de Saúde nas Unidade de Saúde da Família além de claro, hábitos saudáveis.

Orleans que está à frente no combate do câncer, é a segunda cidade de Santa Catarina a contar com a Rede Masculina de Combate ao Câncer, localizada anexo a Rede Feminina na rua Profa. Otília Mendes Mazuco, 270, no bairro Rio Belo. A entidade filantrópica, sem fins lucrativos tem o propósito de melhorar a saúde dos homens afinal somente no Brasil um homem morre a cada 38 minutos devido à doença, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

A única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao médico para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre exames complementares. Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal.

Por Debora Legnani: Assessoria de Imprensa / PMO

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-