1 março 2024 - 10:17

Mutirão da saúde será primeiro ato de governo de Jorginho Mello

Governador eleito de Santa Catarina, Jorginho Mello anunciou, durante entrevistas, que o primeiro ato de governo será realizar um mutirão de saúde para começar a reduzir a fila de atendimentos.

Segundo ele, assim que assumir, já pretende contratar os procedimentos junto aos hospitais filantrópicos e os médicos. “É desumano que mais de 100 mil pacientes estejam na fila por uma cirurgia. Meu primeiro ato não poderia ser outro. Vamos aliviar o sofrimento da nossa gente”, destacou ele.

Jorginho Mello disse ainda que quer ser conhecido como o governador da educação e do emprego. Relembrou que irá promover mais qualificação técnica para o jovem e faculdade gratuita. “Para ganhar o seu dinheiro e um melhor emprego. E vou dar faculdade algo que é considerado um calvário para uma família humilde, que muitas vezes precisa fazer uma ‘vaquinha’ para conseguir pagar. Agora será possível. Vamos levantar a régua de Santa Catarina na área da educação”.

Municipalista

Aqui no Estado Jorginho quer fazer um governo voltado para as pessoas e para os municípios. “Eu sou um político, fui um deputado, um senador, e vou ser um governador a partir de agora, municipalista. Sempre fui, e não estou inventando isso agora. Eu acredito que tudo acontece no município”, ressaltou ele.

O governador eleito avalia que é nas cidades que existem os problemas com a escola, com a rua, com a saúde, com a educação. “Então vamos fazer parcerias com os prefeitos. Eu fui o único candidato a governador que no encontro com a Fecam, há dois meses, assumi o compromisso que a gente vai tocar todas as obras que estavam paradas”.

Parceira com a vice Marilisa

Ele não deixou de dividir a sua vitória com a vice-governadora, a delegada Marilisa. “Esta mulher, uma delegada, advogada, mãe e apaixonada por Santa Catarina, fez um trabalho grandioso nesta campanha. Tanto que fizemos uma votação histórica em Joinville. O falecido Luiz Henrique da Silveira sempre dizia: ‘quem faz 100 mil votos em Joinville de vantagem, não perde a eleição para ninguém’. Fizemos 107 mil no primeiro turno. Então estou muito feliz, ela está muito feliz, e em nome dela quero agradecer o apoio que vocês nos deram”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Comunicação – Jorginho Mello

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-