1 março 2024 - 8:15

Missão Técnica visita primeira universidade no Japão

A comitiva Catarinense que busca experiências do universo de Ciência, da Tecnologia e da Inovação (CTI) no continente asiático visitou, nesta segunda-feira (14/11), a Universidade Tecnologia de Tóquio. A Missão Técnica viabilizada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação de Santa Catarina (Fapesc) e pela Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe) passa por instituições do ecossistema de CTI no Japão e em Singapura ao longo dos próximos dias com representantes de 23 Instituições de Ensino Superior (IES) de todo o estado de Santa Catarina. Além de buscar experiências e insights de modelos a serem aplicados no Estado, o grupo busca formalizar acordos de cooperação com as organizações que fazem parte da intensa programação.

Além de apresentarem dados e missões da Universidade, os anfitriões fizeram “pitches” com cinco dos principais projetos liderados pela Universidade. Entre os assuntos abordados nas rápidas apresentações feitas por professores estiveram os trabalhos realizados pelo Centro de Compositores de Matrizes Cerâmicas; pela Escola de Engenharia, dividida entre pesquisas nas áreas de engenharia mecânica, elétrica, eletrônica e química aplicada; biotecnologia e biodiversidade; Escola de Mídia; Ciências da Saúde; Design; Ciência da Computação e Educação Cooperativa de Engenharia.

A primeira das instituições visitadas, criada em 1947, conta com mais de 34 mil egressos em diferentes áreas e abriu as portas para a visita e aproximação acadêmica ao receber o grupo pelo reitor da Universidade, Yasuhiro Ohyama, e pelos professores Kenji Hara e Edwardo F. Fukushima.

Para o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, este foi um excelente primeiro encontro e já mostra as possibilidades a serem viabilizadas na missão. “Além de conhecermos um espaço físico grandioso e impecável em cuidado e belezas naturais, sermos recebidos com muito carinho e atenção pela Universidade e termos conhecido de perto alguns dos principais projetos que eles nos apresentaram com orgulho, deixamos muitas portas abertas para possíveis parcerias com aquilo que se correlaciona com projetos em andamento em Santa Catarina. Uma das grandes reflexões desse momento, no entanto, se volta também ao reconhecimento daquilo que já temos em questão de tecnologia, recursos humanos e projetos acadêmicos, já que muito se assemelha ao nosso sistema, sendo possível perceber, inclusive, aspectos em que as nossas IES poderão colaborar muito com projetos da Universidade de Tóquio”, destaca.

Integram a comitiva representantes das IES: Católica SC, Furb, IFC, Ifsc, UniSatc, UniSenai, Udesc, UFFS, UFSC, UNC, Unesc, Unibave, Unidavi, Unifebe, Uniplac, Univali, Univille, Unochapecó e Unoesc.

Entre os locais a serem visitados ao longo dos próximos dias de Missão Internacional estão ainda a Embaixada do Brasil no Japão, o Instituto Tecnológico da JICA, o Ministério da Educação, da Cultura, dos Esportes, da Ciência e da Tecnologia do Japão, os dois campus da Universidade de Chukyo, Universidade de Quioto, a Universidade Tecnológica de Nanyang, a Universidade Nacional de Singapura, o Centro de Pesquisa em Agricultura Urbana Sustentável, entre outras instituições.

Por Mayara Cardoso – Acafe/Unesc

 

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-