29 fevereiro 2024 - 3:38

Marcelinho Carioca e Junior dão show de simpatia e simplicidade no Jogo Solidário

Evento ocorreu neste domingo, no estádio municipal em Cocal do Sul, reunindo centenas de apaixonados por futebol

O Jogo Solidário, que ocorreu neste domingo (13), no estádio municipal em Cocal do Sul, reuniu centenas de apaixonados por futebol, que foram prestigiar os craques Marcelinho Carioca e Junior. A ideia foi promover um evento beneficente, que além do jogo contou também com um delicioso almoço.

A entrada para o evento era um quilo de alimento não perecível, e conforme balanço divulgado pela organização, foram arrecadados cerca de 300 quilos de alimentos, que serão destinados a famílias que necessitam, devidamente cadastradas na Secretaria de Ação Social.

Para o coordenador do Esporte em Cocal do Sul, Jean Reis, o balanço do evento foi positivo, tanto o jogo em si como também a parte gastronômica. “O mais importante para nós foi a receptividade que os jogadores deram aos munícipes, atendendo a todos de forma carinhosa, com muita atenção, batendo fotos e dando autógrafos; nosso objetivo é a arrecadação de alimentos e trazer essas celebridades que atendam bem ao público”, declara.

Um dos diferenciais foi o técnico do VAR, representado pelo conhecido sul-cocalense Francisco de Assis Domingos, mais conhecido como “Chico ceguinho”, que tem deficiência visual e abrilhantou ainda mais a partida como VAR. Muitos sul-cocalenses aproveitaram a oportunidade para jogar com seus ídolos, que deram show de simpatia e simplicidade, para além das quatro linhas.

“É um grande prazer em estar em Cocal do Sul, me sinto honrado e feliz em estar participando, fui tratado com muito respeito e também uma grande felicidade em reencontrar o Junior, grande companheiro e atleta profissional do futebol”, declara Marcelinho Carioca.

Marcelinho Carioca

Marcelo Pereira Surcin, mais conhecido como Marcelinho Carioca, é um ex-jogador e que atuava como meio-campista. Marcelinho ficou conhecido por suas habilidades em cobranças de falta, sendo considerado um dos melhores batedores de falta da história do futebol brasileiro, lhe rendendo o apelido de “Pé-de-Anjo”.

Considerado parte da história do Corinthians, Marcelinho marcou 206 gols em 433 partidas, incluindo 59 gols de falta, se tornando o quinto maior artilheiro da história do clube. É o jogador com mais assistências a gol da história do clube alvinegro, com o total de 180 passes a gol, chegando assim a 386 participações diretas em gols nos 433 jogos disputados, chegado a média de 0,9 por jogo.

Ao lado de Cássio Ramos, Marcelinho é também o jogador que mais ganhou troféus com a camisa do Corinthians, incluindo os Campeonatos Brasileiros de 1998 e 1999, a Copa do Brasil de Futebol de 1995 e a primeira edição do Mundial de Clubes da FIFA, em 2000. Marcelinho é o 15° jogador do Corinthians com mais partidas disputadas, com 433 jogos.

Junior 

Levantar a taça de uma Copa do Mundo vestindo a camisa da Seleção Brasileira é uma honra para poucos. Entre os campeões mundiais com a Canarinho está Jenílson Ângelo de Souza. Júnior, como ficou conhecido o lateral-esquerdo, participou da conquista do pentacampeonato em 2002, na Coreia do Sul e Japão. Nesta quarta-feira, 20 de junho, o ex-jogador completa 45 anos de vida.

Camisa 16 daquela equipe, o atleta brilhou no duelo contra a Costa Rica, válido pela terceira rodada da fase de grupos. Titular no confronto, foi um dos grandes destaques da partida que terminou a vitória verde e amarela por 5 a 2.

Colaboração: Amanda Farias – Prefeitura de Cocal do Sul

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-