27 janeiro 2022 - 11:01

Lutadora de Florianópolis está classificada para o Mundial de Judô para surdos

Atleta de 21 anos revelada em Palhoça sagrou-se campeã da Surdolimpíada Nacional

O megaevento Surdolimpíada Nacional aconteceu em São José dos Campos nesse início de dezembro de 2021. Ele serviu como preparativo para a convocação final das Seleções Brasileiras para a etapa mundial. Carolina Stefany Kick Da Silva venceu o nacional na categoria leve, até 57 kg, e ficou com a prata no Absoluto, sem limite de peso.

A lutadora com deficiência auditiva foi revelada na Associação Samurai de Santo Amaro da Imperatriz. “Um trabalho de anos que agora está sendo coroado. Com o apoio constante da família, principalmente da mãe. Nós subimos naquele tatame hoje e a Carol nos premiou com essas medalhas e a vaga no Mundial”, comemora o presidente da Associação Samurai, Julio de Araújo.

Carol treina diariamente nos polos da Samurai em Palhoça e na Base Aérea de Florianópolis, com o professor Reginaldo Wendhausen Fraga. Os preparativos da atleta agora seguem para a disputa do mundial. A Deaflympics (Surdolimpíada Mundial) será promovida em Caxias do Sul, no mês de maio de 2022.

A Surdolimpíada Nacional reuniu 700 surdoatletas que disputaram 14 modalidades. Diversas autoridades prestigiaram a cerimônia de abertura no sábado, 4, no complexo do Teatrão, na Vila Industrial.

Paulo Henrique Amaral Da Silva: Assessor de imprensa da Associação Judô Samurai.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-