20 setembro 2021 - 4:32

Juiz decreta falência da Carbonífera Criciúma

Parada há mais de seis anos a Carbonífera Criciúma teve sua falência decretada pela Justiça. Decisão foi tomada depois que o modelo de recuperação judicial foi rejeitado em Assembleia. “Tendo em vista a rejeição do plano de recuperação judicial apresentado pela recuperanda, a convolação da recuperação judicial em falência é medida que se impõe, nos termos do art. 58-A, caput, da Lei 11.101/2005.”, justifica o Magistrado  Sergio Renato Domingos em sua decisão.

A decisão foi celebrada pelos ex-funcionários que tem agora a esperança de receberem seus créditos trabalhistas. A estimativa é que a dívida total da empresa seja superior aos 200 milhões de reais sem levar em consideração o passivo ambiental.

Ainda cabe recurso contra a decisão e a tendência é que a empresa apresente a contestação nos próximos dias.

- Anúncio -
-Anúncio-
-Anúncio-
-Anúncio-